(Track by Track) Zedd – I Want You to Know (feat. Selena Gomez)

Selena Gomez nunca foi, para mim, das mais notórias estrelas da Disney. Sua voz não é lá grandes coisas, sua atuação é por vezes duvidosa quando fora da zona de conforto de seriados cômicos como Os Feiticeiros de Waverly Place, e sempre ouvi seus álbuns com um pé atrás por acha-los formularizados e imaturos demais. Alguns de seus singles com a banda The Scene como A Year Without Rain, Who Says e Love You Like a Love Song tem lá seu nível de qualidade, mas nunca me fizeram um verdadeiro entusiasta da diva teen. O primeiro álbum solo Stars Dance continuou não mudando muito minha ferrenha opinião a respeito da moça, mesmo tendo adorado canções como Come & Get It, Slow Down e a própria faixa-título, mas bastou o cru e honesto single The Heart Wants What It Wants, retirado da injustificada coletânea de hits da artista, que passei a encará-la sob uma nova perspectiva e a leva-la realmente a sério.

Selena não parecia ser uma verdadeira fã de baladas, apesar de The Way I Loved You e Ghost of You serem bons exemplos do gênero em seus primeiros dois álbuns, e ao arriscar abandonar a fórmula genérica e certeira de antes e lançar uma canção que refletia verdadeiramente em sua vida e é extremamente pessoal ela ganhou meu respeito, e pude finalmente dizer que estava ansioso para saber o que o futuro reservava à garota. O primeiro passo que ela deu após The Heart foi se livrar da má fama de adolescente de revistas de fofoca e pôr um fim definitivo (?) ao seu relacionamento conturbado com o outro astro Justin Bieber, que também inspirou a faixa, e começar a moldar uma imagem mais madura e também casta, revelando publicamente sua cristianização e engatando num romance com o DJ e bom moço Zedd, que é o verdadeiro dono de seu novo single, I Want You to Know.

“I want you to know that I’m all yours, you and me run the same course.”

Quando soube que Selena e Zedd colaborariam já perdi logo as esperanças ganhas com The Heart de que algo tão intimista e empático quanto o último single poderia sair. Não sou um chato que só escuto baladas ou músicas classudas, mas consigo ser bem selecionador quando a questão é entulho comercial de gravadora, ou como todos preferem falar, “farofa”, e Zedd não é lá um dos meus nomes favoritos do ramo. O que muda nessas músicas geralmente é apenas a letra, ou às vezes talvez nem isto, mas as mesmas batidas e elementos estão sempre presentes, e desde o hit Clarity, que nunca me desceu, até Break Free, da Ariana Grande, que não é brilhante mas chega a ser divertida, Zedd sempre se mostrou tão previsível quanto DJs podem ser e evitou ao máximo fazer grandes mudanças em sua fórmula de ouro. I Want You to Know, primeiro single do novo álbum do alemão (e que deve ser incluso também no próximo de sua suposta amante e colaboradora) não é diferente de qualquer um dos smash hits de seu passado, repleto de sintetizadores e completamente amigável para as rádios e clubes noturnos.

A própria Gomez nunca mergulhou tão profundamente assim na dance music, nem mesmo quando tentou fazer as estrelas dançarem, e sua voz soa perfeitamente acomodada entre as batidas pesadas do hitzinho inevitável, e é impossível não torcer pelo romance dos dois depois de alguns posts no Instagram e dessa união sonoramente explosiva, em que percebemos claramente a química entre Zedd e Selena, e a música não é de todo ruim, mas eu particularmente já atingi minha cota de electro house desta vida e da próxima, e será extremamente difícil me deparar com batidas tão superproduzidas sem querer mudar logo de faixa por pura falta de paciência mesmo. Numa balada até daria pra levar, mas I Want You to Know não é algo que eu buscaria como forma de entretenimento pessoal, até mesmo porque poderia muito bem ter sido gravada como qualquer outra aspirante à cantora como Paris Hilton. Mas quem sabe? Ainda vou ouvir muito a canção por ai e talvez até caia de amores pelo gênero novamente, no futuro. Nada é impossível. Por enquanto vou tentar me ater às esperanças iniciais de que Selena apresentará uma verdadeira evolução nesta nova fase pós-Hollywood Records, mas, se dependesse apenas de seu último hit solo, todas as minhas fichas seriam apostadas nela.

TBT nota

Já estou pronto para o próximo single, moça.

>>> Curta o PFBR no Facebook

>>> Agora no @oficialpfbr

Carregar mais tweets