top gun: maverick muito masculino

“Top Gun: Maverick” é acusado de ter “masculinidade demais”, segundo jornal brasileiro

O novo filme do clássico “Top Gun”, “Maverick“, vem sendo um sucesso por onde passa, mas, como tudo não são flores, surgiram algumas críticas, inclusive aqui no Brasil, de veículos grandes e usuários do Twitter.

De acordo com o jornal Folha de São Paulo, o longa de Tom Cruise faz “ode à testosterona e ignora qualquer aceno ao feminino“. O jornalista ainda fez questão de enfatizar que os aviões remetem ao formato de um pênis. “Estão ali os roncos dos motores, os óculos de aviador, as jaquetas verde-musgo e as motocicletas rodando (…) Mais sinais óbvios de exaltação à potência masculina, impossível“, completa a Folha.

>>> Esse cheiro é de Oscar? Lady Gaga lança a aguardada “Hold My Hand”, música tema de “Top Gun: Maverick”; ouça

Já na rede social, alguns internautas falaram que “Top Gun: Maverick” possui “masculinidade demais” e “testosterona demais“. Segundo essas pessoas, o longa deveria ter se adaptado à nova geração, a milenar.

Mesmo com algumas críticas negativas, “Top Gun: Maverick” tem sido um sucesso, rendendo à Tom Cruise sua melhor avaliação no Rotten Tomatoes, além de ser aplaudido de pé no Festival de Cannes. Segundo o ator, que também produz o filme, não tinha como a história ser diferente, já que o longa é baseado na versão original. “Qual é a história de Maverick 30 anos depois? Porque ele não muda. Ele é aquele mesmo cara e ponto final“, completa Cruise.

>>> Do início de tudo à “Hold My Hand”, Vulture ranqueia 136 músicas de Lady Gaga; confira

E você, acha que as críticas estão certas ou pesaram a mão na hora? Corre para as nossas redes sociais para conversarmos mais sobre isso!

>>> Curta o PFBR no Facebook

>>> Agora no @oficialpfbr

Carregar mais tweets