Todrick Hall se manifesta sobre a polêmica entre Taylor Swift e Scooter Braun: "ele já me ameaçou antes para que eu ficasse calado"

A treta envolvendo Taylor Swift e Scooter Braun vem dominando a internet na noite deste domingo (29).

Emocionada, Taylor Swift escreve carta aberta sobre a venda de sua antiga gravadora: "Isso é o pior que poderia acontecer"; confira na íntegra

Agora foi a vez de Todric Hall, amigo de Swift e ex-empresariado de Scooter, se manifestar e deixar sua opinião sobre o ocorrido. Confira:

“Para aqueles que estão se perguntando, eu larguei Scooter Braun há muito tempo… Estou muito triste ao saber dessa notícia, mas não estou chocado. Ele é uma pessoa má, que se preocupa apenas com seu dinheiro e em alimentar seu ego nojento. Eu acredito que ele seja homofóbico e eu ouvi de sua própria boca que ele não é um fã de Swift”.

“Eu realmente espero que a justiça seja feita e que a música de minha amiga caia nas mãos de um ser humano melhor”.

“Meus sentimentos em relação ao Scooter se resumem nesta música que eu escrevi sobre minha experiência com ele [Blah Blah Blah]”.

“Além disso… Homens mandando mulheres (suas esposas) carregar sua besteirada patriarcal é a pior forma de traição ao feminismo e a humanidade – estou falando de vocês Yael [Braun] e Hailey [Bieber]”.

“Normalmente eu não falaria nada sobre isso, porque eu tenho certeza que o Scooter vai me ameaçãr como ele já fez antes, para que eu fique calado, mas adivinha só, Scooter, nada que você possa fazer contra mim vai ser pior do que os seis anos da minha vida que eu não posso recuperar de quando eu era ignorado como seu “artista”.

Essa história parece longe de acabar. Aguardemos as cenas dos próximos capítulos.