"This Is Me", hino da trilha sonora de "O Rei do Show", é a música mais injustiçada já indicada ao Oscar

Vocês já devem ter ouvido falar ou escutado em alguma plataforma, afinal, a faixa foi um verdadeiro sucesso ao redor do mundo, promovendo uma série de covers incríveis, remixes e até mesmo flashmobs promovidos por fãs do filme “O Rei do Show”, lançado em 2017.

Assim que a trilha sonora foi disponibilizada na íntegra, a faixa que mais obteve elogios foi sem dúvida “This Is Me”, interpretada pela cantora/atriz Keala Settle, que interpreta a “Mulher Barbada” na trama. Logo após a grande repercussão da faixa e a trilha sonora inteira ter conseguido alcançar #1 em diversas paradas musicais, a canção conseguiu ganhar um Globo de Ouro e em seguida foi indicada ao Oscar na categoria “Melhor Canção Original“.

Todos estavam muito confiantes que “This Is Me” fosse a grande campeã na categoria, porém, acabou perdendo para “Remember Me”, da animação “Viva: A Vida é uma Festa”.

Com uma letra marcante que fala sobre autoaceitação, enfrentar barreiras e mostrar quem realmente você é ao mundo, a faixa com certeza foi uma das mais injustiçadas nessa categoria do Oscar até o momento.


Contudo, apesar de toda tristeza momentânea, vários artistas lançaram suas versões, fazendo com que a Atlantic Records, promovesse um álbum inteiro somente com versões alternativas:

Devido ao grande alcance que “O Rei do Show” teve ao redor do mundo, a Fox Film bateu o martelo e está sim escrevendo uma sequência para a trama, que ainda não possui uma data de estreia marcada. A faixa “This Is Me” foi composta por Benj Pasek e Justin Paul, responsáveis pela trilha sonora do premiado musical “La La Land”. Então, o que vocês acham da faixa? Ela foi realmente uma das mais injustiçadas da premiação? Comentem.