“This Is Acting”: há quatro anos, Sia lançava seu álbum com músicas descartadas por outros artistas

Hoje (29), há exatos quatro anos atrás, Sia estava lançando um dos seus álbuns mais aclamados, tanto pela crítica especializada quanto pelo o público em geral, o “This Is Acting”.

Poucos sabem, mas esse álbum é composto por músicas que Sia escreveu para outros artistas, mas que foram recusadas ou descartadas e a mesma decidiu gravar, com exceção da balada “One Million Bullets”.

Na época do lançamento, uma lista que mostra para quem cada composição foi feita, acabou sendo liberada, e ela constava o seguinte:

  • “Bird Set Free”: Rihanna ou Adele;
  • “Alive”: Adele;
  • “Move Your Body”: Shakira;
  • “Unstoppable”: Katy Perry ou Demi Lovato;
  • “Cheap Thrills”: Rihanna;
  • “Reaper”: Rihanna;
  • “Footprints”: Beyoncé;
  • “Sweet Design”: Jennifer Lopez;
  • “Space Between”: Rihanna;

Aproximadamente nove meses após o lançamento, Sia renovou o álbum com um deluxe, que conta com sete faixas a mais, sendo algumas feats. e outras inéditas:

  • “Cheap Thrills” (feat. Sean Paul);
  • “The Greatest” (feat. Kendrick Lamar);
  • “Confetti”;
  • “Move Your Body” (Alan Walker Remix);
  • “Midnight Decisions”;
  • “Jesus Wept”;
  • “The Greatest”.

“This Is Acting” acabou recebendo uma indicação ao Grammy 2017, como “Melhor Vocal Em Álbum Pop”, e teve um grande smash hit, “Cheap Thrills”, que hoje já se aproxima da marca dos 1,5 bilhão de visualizações no YouTube.

Sobre o autor: /

Tenho 18 anos 👦, nasci e moro no estado de São Paulo 📌. Sou fissurado por: 🎧Música, 📀Álbuns físicos, 🎤Shows, 📚Sagas e 🍿Cinema. Me encontre nas redes por @_LuisLeone (Instagram e Twitter). Contato: cttluisleone@gmail.com