Termômetro: Billboard elege os principais candidatos ao "Álbum do Ano" no Grammy 2020

Com a proximidade do término prazo de elegibilidade para o 62° Grammy Awards, a Billboard divulgou análise elegendo os mais fortes candidatos a serem indicados como “Álbum do Ano” no próximo Grammy Awards.

http://5jc.0a9.myftpupload.com/o-recorde-vem-aumentam-de-novo-as-previsoes-de-estreia-nos-eua-do-lover-de-taylor-swift/

Como era de ser esperado com o sucesso crítico e comercial, a revista destacou as possibilidades de “Lover”, de Taylor Swift, lançado a oito dias antes do fim do período para ser elegível, e de “When We All Fall Asleep, Where Do We Go?”, de Billie Eilish, disco apontado pela análise como o principal frontrunner na categoria.

A Billboard comentou que “reputation”, álbum anterior de Swift foi esnobado pelo Grammy, ficando sem indicação para Álbum do Ano e que a cantora nunca teve dois trabalhos de estúdio seguidos ignorados na categoria.

A revista lembrou que “Fearless”, estreia de Swift, venceu na categoria e como “Melhor Álbum Country” e que depois disso, todos os discos da cantora foram pelo menos indicado ao prêmio específico de gênero pop ou country. Entre os que foram indicados ao Grammy de “Álbum do Ano estão “Red” (2012) e “1989” (2014), sendo que este último foi vencedor.

http://5jc.0a9.myftpupload.com/billie-eilish-supera-ariana-grande-e-agora-tem-o-album-com-mais-streams-em-2019-no-spotify/

Para a Billboard, Taylor tem chances: foi duas vezes vencedora e os prêmios de “You Need to Calm Down” como Vídeo do Ano e Melhor Vídeo no VMA sinalizam seu sucesso em premiações, e “Lover” deve pelo mesmo ser indicado como Melhor Álbum de Vocal Pop.

A revista questionou se para cantora seria melhor ou não vencer o Melhor Álbum do Ano no Grammy pela terceira vez. Se isso acontecer, ela seria a primeira artista mulher a conquistar esse feito. Porém, a Billboard acredita que poderia haver uma reação contrária à premiação, já que apenas três artistas na história conquistaram três vezes o prêmio na categoria: Frank Sinatra, Stevie Wonder e Paul Simon. A revista considera que o melhor resultado para Swift seria ser indicada, porém não vencer na categoria.

Sua principal concorrente é Billie Eilish, que se sair da premiação com o Melhor Álbum do Ano quebrará o recorde da própria Swift como artista mais jovem a ganhar o prêmio na categoria. Billie terá 18 anos em 26 de janeiro, dia da cerimônia. Swift tinha 20 quando “Fearless” foi premiado.

A Billboard também elegeu como prováveis candidatos ao Grammy de Melhor Álbum do Ano o “thank u, next” da Ariana Grande, “Cuz I Love You”, da Lizzo, “Free Spirit” do Khalid, “Western Stars” do Bruce Springsteen, “Homecoming: The Live Album” da Beyoncé, e “This Land” do Gary Clark Jr.

http://5jc.0a9.myftpupload.com/quem-e-lizzo-e-por-que-voce-precisa-conhece-la-pfbr-no-youtube/