Taylor Swift ganha Grammy de "Álbum do Ano" por "1989" e manda indireta para Kanye West

Muitos esperavam que Kendrick Lamar levasse o prêmio de Álbum do Ano por To Pimp a Butterfly, mas foi Taylor Swift e seu parque-de-diversões pop 1989 que levaram a melhor!

Agora a primeira mulher a ganhar duas vezes o mais cobiçado gramofone do evento, Taylor concretizou uma profecia feita há alguns anos antes com o álbum Red (2012), que havia sido indicado à mesma categoria, mas perdeu. Ela não ficou satisfeita com a derrota, voltou ao estúdio e produziu o que se tornou seu álbum mais bem-sucedido e elogiado até então, levado por hits como Shake It Off e Blank Space.

Taylor-Swift-1989

Capa de “1989”, que conta com 3 hits nº 1 na Billboard Hot 100

Em seu emocionante discurso, Taylor ainda delineou às jovens artistas mulheres que lutam para ser assim tão grandes e relevantes como ela que haverá pessoas no caminho que tentarão tirar o crédito de seu sucesso – uma clara referência à polêmica música Famous, de Kanye West – mas que isso não é motivo para se deixar abater.

#PFBReview – Taylor Swift chega “de mala e cuia” na música pop com “1989”

Selena Gomez, melhor amiga da estrela, não se conteve e chorou. Ainda esta noite, Taylor levou dois outros prêmios para casa, orquestrando uma verdadeira reviravolta para quem acreditava que ela não levaria nada, apesar das sete indicações.

Veja o momento abaixo: