Taylor Swift conta que Scooter Braun impede Netflix de usar suas músicas em documentário sobre a cantora

No desabafo que a cantora Taylor Swift fez por meio de suas redes sociais, veio a público muitas atrocidades envolvidas nos bastidores do conflito entre a Big Machine Records e a norte-americana.

A intérprete conta que não é dessa maneira que queria que seus fãs soubessem, mas a situação não deu outra escolha. Confira a parte traduzida:

Essa não é a forma que eu queria contar essa notícia para vocês, mas a Netflix criou um documentário sobre minha vida pelos últimos anos. Scott e Scooter recusaram o uso das minhas faixas antigas, ou até mesmo performances passadas para este projeto, ainda que não tenha qualquer tipo de menção a eles ou a Big Machine Records.

Até o momento, Scooter Braun e nem a equipe da Big Machine Records responderam as acusações da cantora.