Taylor Swift atinge a marca de 4 Milhões de cópias vendidas com "1989"

Taylor Swift não para de surpreender o mundo desde que lançou seu álbum no ano passado, ela já conseguiu emplacar 2 hits no topo da parada de singles americana: Shake It Off e Blank Space ambas com 4 e 7 semanas respectivamente em primeiro lugar no chart, sem contar que Style seu mais novo single já está começando a impressionar e se encontra atualmente em 15° lugar no Itunes sem ao menos ter sido lançado oficialmente e ter tido um videoclipe liberado.

Mas o que impressiona mesmo é a quantidade absurda de álbuns que Swift vem vendendo nas terras americanas, a loira atualmente acaba de conseguir o feito de extrapolar 4 milhões de cópias  vendidas de seu “1989” em sua 12° semana, fazendo com que ela seja dona de um feito que não era alcançado desde 2004 com  o álbum “Confessions” do Usher.

Na última atualização de vendas disponibilizada pela Nielsen SoundScan “1989” contava com 3,943,604 cópias vendidas somente nos Estados Unidos e agora foi liberado o precedente que o álbum passará a marca de 4 milhões de cópias vendidas ao final dessa semana. Mas se engana quem acha que a cantora para por aí, com esse acontecimento  Taylor passa a ser a segunda artista a a superar a marca dos 4 milhões com cada um de seus primeiros cinco álbuns (O primeiro foi Garth Brooks). Vale também ressaltar que os outros álbuns dela levaram muito mais tempo pra alcançar essa vendagem, enquanto “1989” conseguiu vender em apenas 12 semanas  4 milhões de cópias, seu álbum de estreia, o “Taylor Swift“, levou 125 semanas, “Fearless” levou 50 semanas e “Speak Now” e “Red“, levaram 69 semanas.

Lembrando que provavelmente “1989” depois de 9 semanas no topo da parada de álbuns da Billboard pode cair para a segunda posição na lista que será divulgada na quarta feira devido ao lançamento do álbum da Meghan Trainor: “Title” o qual tem estimativa de vendas na faixa das 180 mil cópias.

Relembre o clipe de Blank Space :