Suga, do BTS, é criticado por usar discurso de famoso assassino americano em nova música

O integrante do BTS, Suga, lançou sua segundo mixtape “D-12”, assinada pelo seu alter ego August D e vem recebendo duras criticas por uma música em específico. O rapper coreano usou um discurso de um famosos líder de uma seita americano, responsável pela morte de centenas de pessoas.

No começo da faixa “What Do You Think?”, Suga usou um trecho de uma fala de Jim Jones, de 1977, responsável por comandar um assassinato em massa de 909 pessoas, sendo 304 crianças. O líder também era muito próximo da Coreia do Norte, sempre criticando a posição americana quanto ao país oriental, comandado por Kim II Sung na época. A parte usado pelo rapper na música é a seguinte: “…embora você esteja morto, você deve viver, e aquele que vive e crê nunca morrerá“.

Na internet, muitos fãs criticaram a atitude do cantor e de todos que sabiam da nada e não fizeram nada para removê-la. Porém, alguns fãs também defendem Suga, afirmando que o cantor usou o sermão como crítica para todos que criticam a Coreia, já que as letras de suas músicas são respostas à todos que atormentaram o BTS durante seu crescimento.

Até o momento, nem Suga e nem a Big Hit Entertainment se pronunciaram sobre o caso.