Som do Sim exalta Michael Jackson e Jackson do pandeiro em novo single

Som do Sim exalta Michael Jackson e Jackson do pandeiro em novo single

Lá vem os caras… e desta vez misturando Michael Jackson e Jackson do Pandeiro. Formada por Cesinha, Davi Moraes, Luciano Calazans e Saulo Fernandes, o “Som do Sim” disponibiliza hoje seu segundo single. “Afro Jackson” chega com todo suingue e excelência de um grupo formado por quatro amigos que sempre tiveram a música como pilar principal das suas vidas. A faixa composta por Davi Moraes e Saulo Fernandes chega com clipe de bastidores criado por Lia Sabugosa e distribuição da Selim. 

Som do Sim exalta Michael Jackson e Jackson do pandeiro em novo single

“Essa é minha música preferida do ‘Som do Sim’. Eu e Davizão estávamos participando de um projeto em Bonito (MS) e na van, o celular de alguém tocou ao chegar uma mensagem. Achamos aquilo interessante e a partir daquele alerta, construímos uma música que fala sobre a comunicação entre Michael Jackson e Jackson do Pandeiro”, lembra Saulo. 

“Outra curiosidade, é que  a faixa tem um acorde só e ao mesmo tempo soa como se tivesse todos os acordes possíveis por conta da sua rítmica inexplicável”, complementa Luciano. De fato, “Afro Jackson” traz um tempero gostoso e uma textura fluida, regidos pela excelência musical dos quatro integrantes do “Som do Sim” e ainda com o reforço de um naipe de sopro venenoso formado por Marlon Sette, Diogo Gomes, José Maria e Gilberto Pereira.

Este é o segundo single disponibilizado da banda que promete lançar o álbum completo em 2022. “O público pode aguardar por composições inspiradas , bem executadas e com o astral lá em cima. Além de mais um caminho nas nossas carreiras, nossa união é para celebrar a vida, as relações humanas  e nosso amor pela música” enfatiza Cesinha. “A gente segue muito feliz por trazer para o ‘Som do Sim’ ritmos e levadas que amamos. Este encontro tem uma química rara que nos orgulha e nos alegra num período tão difícil”, acredita Davi.

>>> Curta o PFBR no Facebook

Siga o PFBR no Twitter <<<