Shailene Woodley, de Divergente, explica porque não é feminista

A estrela da série “Divergente”, Shailene Woodley, voltou a falar sobre a polêmica de não ser feminista, e explicou porque não adere o movimento se rotulando como uma feminista. Segundo a atriz, as mulheres não precisam de rótulos e que deveriam ser capazes de abraçar as causas independente deles.

“A razão pela qual eu não gosto de dizer que sou feminista ou que eu não sou feminista, é porque isso para mim é um rótulo. Eu não quero ser definida por uma coisa. Por que temos que ter esse rótulo nos dividindo? Nós deveríamos ser capazes de abraçar nossas crenças independente dos rótulos”, explicou.

Atualmente, a norte-americana trabalha na promoção do segundo filme da série “Divergente”, “Insurgente, que estreia na próxima quinta-feira em todo território nacional.

>>> Curta o PFBR no Facebook

>>> Agora no @oficialpfbr

Carregar mais tweets