"Senti o que ela sentiu, e sabia que não estava mentindo", diz Letícia Sabatella sobre caso de assédio envolvendo José Mayer

Há duas semanas, todo o país comentou sobre o caso de Susllen Meneguzzi Tonani, figurinista da Rede Globo que foi assediada pelo ator José Mayer.

Após o episódio, a atríz Letícia Sabatella veio a público e revelou que também já sofreu assédio por parte de ‘Zé’. Os dois trabalharam juntos em duas ocasiões: “Agosto” (minissérie de 1993) e em “Páginas da Vida” (novela de 2006).

Durante entrevista à Veja Rio, Letícia revelou como se sentiu ao descobrir a denúncia feita publicamente contra o ator.

“Quando li o relato da Su, que não conheço, eu me compadeci imediatamente. Senti o que ela sentiu, e sabia que ela não estava mentindo. Também já tinha passado por uma experiência parecida com o Zé Mayer, que foi alertado de maneira amigável.”

A atriz disse ter se comovido com o pedido de desculpa do colega. Ela acredita que “ele é um artista sensível, capaz de uma transformação”.

“Precisamos do exemplo de uma pessoa capaz dessa reflexão, e o Zé pode ser esse exemplo. Não estou querendo endeusar nem demonizar ninguém. Mas podemos fazer do limão uma limonada”

>>> Curta o PFBR no Facebook

Siga o PFBR no Twitter <<<