SEM RIXA! Ouvindo "Cruel Summer", Demi Lovato manda mensagens de apoio à Taylor Swift

Hoje (2), a internet foi pega de surpresa por um post de Demi Lovato no Instagram.

A cantora fez duas publicações em seu Instagram stories: uma com um print ouvindo a faixa “Cruel Summer”, do mais novo álbum de ninguém menos que Taylor Swift, o “Lover”. Ainda no print, ela escreveu “A jam”, que nos Estados Unidos é uma expressão utilizada para definir algo como, música/som favorito.

Imagem

No segundo post, Demi escreveu:

Imagem

“A vida é muito curta para as mulheres não apoiarem outras mulheres .. especialmente quando elas lançam uma boa música. Bom trabalho.”

Pode parecer algo simples, apenas um gesto afetuoso, mas o que deixou todos intrigados, foi o fato de que, sempre foi perceptível que a cantora nutri (ou nutria) certo desgosto por Taylor, e recentemente se posicionou a favor de Scooter Braun.

No dia 30 de julho deste ano (2019), o empresário Scooter Braun comprou a antiga gravadora de Taylor Swift, a Big Machine Records. Dessa forma, ele adquiriu os direitos legais sobre todos os primeiros seis álbuns da cantora, de “Taylor Swift” lançado em 2006, até “Reputation”, lançado em 2017. Isso sem que ela tivesse se quer a chance de reaver os direitos de suas próprias canções, nas quais escreveu uma por uma.

Após todo esse incidente, diversas celebridades se pronunciaram, defendendo ou mandando apoio para Swift. Mas como nem tudo são rosas, alguns artistas saíram em defesa de Scooter, dentre eles, Demi (agora empresariada por Braun).

http://5jc.0a9.myftpupload.com/aclamacao-lover-da-taylor-swift-e-o-album-com-maior-estreia-em-vendas-de-2019/

A intérprete de “Sorry Not Sorry” postou a seguinte frase em seu Instagram stories:

“Eu já lidei com pessoas ruins nesta indústria e Scooter não é uma delas. Ele é um homem bom. Pessoalmente, sou grata por ele ter entrado na minha vida na hora em que entrou. Por favor parem de “difamar” pessoas ou de implicar com elas. Já há ódio suficiente no mundo”

“Todos vocês podem vir atrás de mim o quanto quiserem mas eu sempre vou ser leal ao meu time. Valorizo lealdade mais do que a maioria das pessoas neste mundo e se meu nome vai entrar em conversas eu vou defender a mim e a todos da minha equipe”. Além de curtir posts defendendo o empresário.

Mas após suas publicações hoje, podemos considerar que Demi não queria atingir Taylor, ou que se arrepende de não tê-la apoiado. De qualquer forma, só podemos nos alegrar por menos uma rivalidade feminina da indústria musical.

http://5jc.0a9.myftpupload.com/com-o-lover-taylor-swift-iguala-recorde-de-beyonce-na-billboard-200/