Segundo site, Frank Ocean está sendo processado pelo próprio pai

O pai de Frank Ocean, Calvin Cooksey, deverá processar o cantor norte-americano por acusá-lo de ser transfóbico. É o que afirma o site TMZ.

Segundo informações publicadas, Calvin Cooksey irá abrir um processo de difamação contra o filho porque se sentiu financeiramente prejudicado quando Frank Ocean, por meio de uma rede social, se manifestou sobre o massacre na boate LGBT Pulse, em Orlando, EUA.

http://5jc.0a9.myftpupload.com/frank-ocean-recebe-novos-certificados-nos-eua-por-faixas-do-channel-orange-e-nostalgia-ultra/

Em seu post, o cantor disse:

“Eu tinha 6 anos quando ouvi meu pai xingar a garçonete transexual do restaurante da vizinhança de ‘bicha’, dizendo que não seríamos servidos porque ela era suja”.

Calvin Cooksey alega que a história é falsa e, por conta dela, perdeu oportunidades na indústria fonográfica. Ele pede o equivalente a R$ 45 milhões. O TMZ não informou quando começa o julgamento do processo.

>>> Curta o PFBR no Facebook

>>> Agora no @oficialpfbr

Carregar mais tweets