Refinery29 lista as 29 músicas que definiram a década nos Estados Unidos; confira

Refinery29 lista as 29 músicas que definiram a década nos Estados Unidos; confira

A década foi marcada por grandes hinos e momentos icônicos. Desde “Tik Tok” da Kesha, grande hit de 2010, até “bad guy”, de Billie Eilish, uma das principais músicas desse ano, a trajetória da música pop passou por várias fases e transformações.

Nesse trajeto, nomes como Rihanna e Taylor Swift, consideradas por muitos as artistas da década, foram essenciais para deixar sua marca na década e eternidade. E foi pensando nesses momentos que o site Refinery29 listou as 29 canções que definem a década nos Estados Unidos.

A lista é feita por ordem cronológica, ou seja, de acordo com os anos. Confira:

  • Kesha – “Tik Tok” (2010)
  • Foster The People – “Pumped Up Kicks” (2010)
  • Pistol Annies – “Hell on Heels” (2011)
  • One Direction – “What Makes You Beautiful” (2011)
  • Avicii – “Levels” (2011)
  • Lana Del Rey – “Blue Jeans” (2012)
  • Taylor Swift – “22” (2012)
  • Tegan & Sara – “Closer” (2012)
  • Mumford & Sons – “I Will Wait” (2012)
  • Tame Impala – “Feels Like We Only Go Backwards” (2012)
  • Beyoncé feat Chimamanda Ngozi Adichie – “***Flawless”
  • M.I.A. – “Bad Girls” (2013)
  • Nicki Minaj feat Beyoncé – “Feeling Myself” (2014)
  • Miley Cyrus – “Wrecking Ball” (2014)
  • Sia – “Elastic Heart” (2014)
  • The Weeknd – “Can’t Fell My Face” (2015)
  • Halsey – “New Americana” (2015)
  • Little Big Town – “Girl Crush (2015)
  • Jack Ü feat Justin Bieber – “Where Are Ü Now” (2015)
  • Rihanna – “Needed Me” (2016)
  • Calvin Harris feat Rihanna – “This Is What You Came For” (2016)
  • BTS – “Save Me” (2016)
  • Cardi B – “Bodak Yellow” (2017)
  • Demi Lovato – “Sorry Not Sorry” (2017)
  • Lady Gaga – “Shallow” (2018)
  • Courtney Barnett – “Nameless Faceless” (2018)
  • The 1975 – “Love It If We Made It” (2018)
  • Nicholas Britell – “Succession Main Title” (2018)
  • Billie Eilish – “bad guy” (2019)

E aí, qual a sua favorita da lista? Conta para a gente!

>>> Curta o PFBR no Facebook

Siga o PFBR no Twitter <<<