“Rain On Me” se torna a oitava colaboração feminina a conquistar o #1 na Hot 100

Hoje (1), a principal parada de singles do mundo, a Billboard Hot 100, teve mais um momento histórico. Pela primeira vez em sua existência, uma colaboração feminina substituiu outra no cobiçado primeiro lugarLady Gaga Ariana Grande se uniram em ”Rain On Me“, lançada no último dia 22 como segundo single do sexto álbum de estúdio de Gaga, “Chromatica“.

O ano de 2020 é recordista absoluto no número de parcerias femininas a conquistar o topo do ranking. Antes de “Rain On Me”, outras duas colaborações femininas alcançaram o feito, ambas em maio: o remix “Say So”. com Doja Cat e Nicki Minaj, e o remix de “Savage”, de Megan Thee Stallion e Beyoncé, que chegou ao #1 na semana passada.

Antes delas, “Fancy”, parceria entre Iggy Azalea e Charli XCX, lançada em 2014, se tornou o primeiro e único e hit número #1 de ambas, tendo permanecido no primeiro lugar por sete semanas. Rihanna e Britney Spears também se uniram em um remix, o de “S&M”, e conquistaram o #1 por uma única semana, em 2011. Mais cedo, em 2001, Christina Aguilera, Lil’ Kim, Mya e P!nk se juntaram para a nova versão de “Lady Mamalade”, trilha sonora do filme “Moulin Rouge”, e alcançaram o topo do ranking por cinco semanas.

NJa década de 1990, Brandy e Monica lançaram o dueto “The Boy Is Mine”, tendo alcançado o #1 por impressionantes 13 semanas. Já em 1979, era a parceria das gigantes Barbra Streisand e Donna Summer que subia ao topo do pódio por uma única semana.

>>> Curta o PFBR no Facebook

Siga o PFBR no Twitter <<<