QUEM É DABABY MESMO? Versão solo de “Levitating” já é mais tocada nas rádios que remix

QUEM É DABABY MESMO? Versão solo de “Levitating” já é mais tocada nas rádios que remix

Após a série de comentários ofensivos contra a comunidade LGBTQIA+ e pessoas com HIV/AIDS, o rapper DaBaby perdeu mais uma vez. A versão solo de “Levitating”, de Dua Lipa, passou a ser a mais executada nas rádios que o remix, com a participação do rapper.

A música é um dos maiores sucessos dos últimos tempos nos Estados Unidos. Com mais de 1 bilhão de streams no Spotify somando as duas versões, o single continua entre as dez primeiras músicas da playlist mais importante da plataforma, a Today’s Top Hit’s, mesmo tendo sido lançado há dez meses.

Nas rádios, atualmente, o single já deixou o Top 50, segundo o HITS Daily Double. Dua Lipa, porém, continua no ranking com “Love Again” em 17º lugar nesta quarta-feira (4) e “Demeanor”, em parceria com Pop Smoke, na 28ª colocação.

Para quem não se lembra, DaBaby disparou uma série de comentários considerados desrespeitosos com o público LGBTQIA+, mulheres e até mesmo pessoas pretas durante sua apresentação no Festival Rolling Loud.

Durante vídeo que rodou a internet é possível ouvir DaBaby dizer: “Se você está aqui e não tem HIV/Aids e veio aqui para se divertir, acenda suas luzes. Mulheres, se suas vaginas cheiram como água, acendam suas luzes. Negões, se vocês não estão no estacionamento chupando um pênis grande, acenda suas luzes”.

Como reação a gravadora Warner Records pediu que as rádios deixassem de tocar o remix de “Levitating”, Dua Lipa deixou de seguir o rapper e ele ainda foi cortado da programação de diversos festivais musicais.

Relembre o vídeo que começou com toda essa polêmica:

>>> Curta o PFBR no Facebook

Siga o PFBR no Twitter <<<