Quebrando a letra de “Press”, o feroz novo single de Cardi B

Cardi B de fato está mandando um recado, mas não é só para a imprensa.

Após postar um pequeno trecho da música em seu Instagram, em dezembro de 2018, os fãs e a mídia ficaram atentos sobre o possível lançamento de “Press” como sucessor de “Money”. Em fevereiro, ao invés da música já anunciada, Cardi B soltou “Please Me”, em parceria com Bruno Mars. Finalmente, nesta última semana de maio, a rapper decidiu lançar “Press”, e com promos nada discretas.

http://5jc.0a9.myftpupload.com/cardi-b-libera-fotos-promocionais-iconicas-de-seu-novo-single-press/

Sendo o rap um dos gêneros musicais que mais usufruem de metáforas, “Press” é um título inteligente para o discurso de Cardi, significando “imprensa” e ao mesmo tempo o verbo “pressionar”. “Essas cadelas estão sob pressão / Sabiam como eu viria, em carne e osso”, já diz um dos primeiros versos da track.

Ela vem falando m*rda, da boca pra fora

Deixei sangue no vestido dela

As cadelas ficam bravas quando veem Cardi nos holofotes

Disse que aprecia, a gente sabe que não

Indo atrás das cadelas assim que eu soltar (o rap)

Com essas primeiras linhas, Cardi deixa claro que alguém não suporta seu sucesso ao mesmo tempo que não tem coragem de admitir isso publicamente. Tomar atitudes “violentas” contra seus inimigos só a deixou em maus lençóis (manchetes negativas na mídia, problemas com a justiça), então ela decidiu pegar pesado na música para responder ao hate que recebe.

Além de alguns versos posteriores refletirem uma chuva de ostentação – Cardi deixa claro que está vivendo a vida de luxo que muitos gostariam – também ressalta que está pronta para responder a todos que duvidam do lugar onde ela possa chegar:

Correntes da VVS, estou amando essas pedras

Você disse que mandaria ver, me deixou ofendida

Eles jogam shade porque me veem no topo

Fala pra ela cair pra dentro, vou te mandar o lançamento

Já no refrão, Cardi repete debochadamente a palavra “Press” ao tom de alguém que não dá a mínima: “Press, press, press…” soa como “Blá, blá, blá…”. Aqui, ela deixa, em duplo sentido, a clara ideia de não precisar mais da imprensa (matérias negativas e sensacionalistas) e da pressão dos haters.

Press, press, press, press, press

Cardi não precisa de mais “press”

Mato todos, coloco as vadias para descansar

piso, vestida à prova de balas

Alguém me diz, por favor, quem ela vai provocar?

Cena de assassinato, Cardi fez uma bagunça

Cheguei, adivinha quem, cadela?

Cheguei, adivinha quem, cadela?

http://5jc.0a9.myftpupload.com/acompanhe-as-primeiras-12-horas-de-press-novo-single-de-cardi-b-no-itunes/

Com temática criminosa (e promos inspiradas em serial killer), a rapper do Bronx faz graça de seus últimos problemas com a justiça, o que levou a mídia a entregar uma enxurrada de matérias. Bardi parece estar decidida não mais encostar um dedo nos inimigos (nem pagar para que alguém faça isso) uma vez que consegue “executar todos” com suas rimas.

Já outras linhas de “Press” fazem referência à pequena Kulture – que recentemente ganhou várias jóias de presente da mamãe Cardi – e também à movimentada vida sexual de Cardi com o maridão, Offset.  

View this post on Instagram

:’) I love this sooooo much ❤️😊

A post shared by Cardi B (@iamcardib) on

Ding dong!

Deve ser o chicote que eu pedi

E um novo berço para minha filha

Você sabe que a cadela aqui vai mimar ela

Pesadíssima né?

>>> Curta o PFBR no Facebook

Siga o PFBR no Twitter <<<