Prometendo reunir provas, Azealia Banks acusa o compositor de "Truth Hurts" de ser um abusador sexual

Com o tão aguardado anúncio dos indicados ao Grammy 2020, muitos dos concorrentes usaram suas redes sociais para agradecer e comemorar o momento. Mas, nem todo mundo pode celebrar, já que Azealia Banks resolver expor um dos compositores de “Truth Hurts“.

    A cantora postou em seu Instagram que ela está coletando provas para acusar o compositor Jesse Saint John de ser um criminoso, alegando que ele já abusou sexualmente de muitas pessoas.

    “(…) Pessoas próximas a mim reclamaram de Jesse Saint John. Ele é um criminoso. Estou coletando todas as evidências para denunciar à polícia e registrá-lo no registro de criminosos sexuais da Califórnia e do estado de Nova York. As pessoas com crianças pequenas pecisam saber quem são seus vizinhos (…)”

    Além disso, Azealia pediu para todos aqueles que sofreram qualquer tipo de abuso entrem em contato com ela para o envio de mais provas.

    “Juntei muitas evidências, se você tiver provas que julgue relevante, me envia uma mensagem no particular. Não vou divulgar, será mantido em sigilo. Esses são crimes muito graves e me recuso a deixar isso passar.”

    Depois disso muitas pessoas começaram a usar suas redes sociais para xingar o compositor, isso o levou a desativar o Twitter e Instagram para que apenas os seguidores pudessem ver suas publicações e lhe mandar mensagens.

    Jesse já trabalhou com Dr. Luke, que foi acusado de assédio sexual, os dois trabalharam no EP “Turn Off The Light – Vol.1” de Kim Petras.