Primeiras impressões de "X-Men Apocalipse" não agradam critica especializada

Bastante comparado com outros filmes, produção recebeu nota amarela.

As primeiras impressões e críticas completas de X-Men: Apocaplise já estão sendo publicadas pelos principais sites de comunicação norte-americanos. Diferente do que a maioria esperava, a recepção ao novo filme é mediana. O MetaCritic, site que reúne notas de todos os veículos de informação mais conhecidos, colocou a média das primeiras resenhas em 50/100, nota inferior aos outros filmes da franquia.

Em geral, os comentários destacam que a nova produção é inferior aos últimos dois filmes da franquia. Pontos positivos foram dados para os mutantes Mercúrio, que chamou atenção com seus poderes, e o novo Ciclope muito bem recebido por todos, até o momento.

O site Hitfix, disse: “Gostamos da energia do filme, e o elenco é excelente, mas há um grande problema na ideia de que temos de fazer esses filmes ficarem cada vez maiores para superar as coisas que vieram antes”. O portal Entertainment Weekly assegurou que o filme não é completamente ruim: “Apocalipse não é de todo ruim, mas é um filme com muito de tudo, menos das coisas que deveriam importar mais novidade, criatividade e diversão.”

O The Telegraph fez uma média de 40/100, dizendo “Melhor do que Batman vs Superman: A Origem da Justiça, mas não por muito, e muito menos divertido do que o atual Capitão América da Marvel; Apocalipse é curiosamente mais sádico e aparentemente menos incomodado sobre a destruição em larga escala da humanidade, o que essa franquia costumava tratar. Apocalipse não é o fim do mundo para os fãs de X-Men, mas pode ser o fim da linha”


De acordo com a Slant Magazine, o problema foi com o diretor: “O problema com X-Men Apocalipse é que Bryan Singer sugere tantas direções possíveis e acaba escolhendo a menos interessante”. O site The Guardian destacou: “A ideia de um apocalipse significa que o tom tem que ser elevado e este filme certamente providencia isso, embora haja menos espaço para a estranheza surreal dos X-Men, tenha diálogos menos interessantes, sem falar que eles não têm aquela leveza e diversão dos Vingadores. Mas os segmentos mais brincalhões com Ciclope e Mercúrio são bem-vindos e tudo acaba funcionando” .

Umas das poucas notas verdes, foi dada pelos editores do New York Daily News“Mais uma vez, é o Mercúrio de Evan Peters que rouba o filme sempre que vemos os seus poderes em ação, talvez porque eles encontraram uma nova maneira de mostrá-los”.

Essas e outras críticas você pode conferir na página dedicado ao filme no MetaCritic. O filme tem estreia marcada para 19 de maio de 2016.

Confira a sinopse:

Desde o começo da civilização, ele era adorado como um Deus. Apocalipse, o mutante mais poderoso do Universo X-Men, acumulou o poder de muitos outros mutantes, tornando-se imortal e invencível. Quando desperta milhares de anos depois, ele fica desiludido com o mundo que encontra nos dias de hoje, e recruta um poderoso grupo de mutantes poderosos, incluindo um desencorajado Magneto (Michael Fassbender), para exterminar a raça humana e criar uma nova ordem mundial, pela qual ele reinará. Com o destino da Terra por um fio, Mística (Jennifer Lawrence), com a ajuda do Professor X (James McAvoy) vai liderar uma equipe de jovens X-Mencontra o seu maior inimigo e salvar a humanidade da destruição completa.