Por que você vai chorar ao assistir “Minha Mãe É Uma Peça 3” nos cinemas?

Estreou em todos os cinemas brasileiros “Minha Mãe É Uma Peça 3”, filme de Paulo Gustavo, que conquistou a bilheteria nacional com sua obra, agora leva a superprodução para um novo patamar.

Hoje (26/12), tivemos a oportunidade de assistir ao longa e foi difícil ver alguém na sala que não havia se emocionado. Como já era de se esperar, o humorista traz gargalhadas por todo o espetáculo mas, dessa vez, soube virar o jogo e levar temas importantes para a família que acompanha sua obra.

Em diversos momentos da trama, o ator nos faz sentir em casa. A comédia traz toda aquela nostalgia de família, e principalmente do amor de mãe. Os flashbacks levam direto para a infância dos filhos de Dona Hermínia, vindo acompanhados de uma linda lição para seu grande público.

Sem sombras de dúvidas, para nós, que assistimos ao espetáculo do brasileiro, o momento mais emocionante do longa é quando acontece a visita ao passado de Dona Hermínia, ao encontrar uma foto de seu filho mais novo, Juliano. Ela é transportada para uma festa a fantasia, onde o menino insiste que quer ir vestido de Emília, do “Sítio do Picapau Amarelo”.

Chegando lá, o garoto é excluído de todas as outras crianças, simplesmente por estar vestido de mulher. A principal cena acontece quando uma mãe pergunta para ela, se ela não pensou em como explicará para as outras crianças que seu filho, homem, está vestido com uma fantasia para garotas. A resposta de Dona Hermínia você só verá nos cinemas.

Passado isso, a personagem pega o microfone da festa e canta a música tema de Emília para o desenho. O momento é lindo, nos faz enxergar a importância que o amor materno tem em nossas criações, nas mais simples atitudes.

Outro momento em que Paulo Gustavo emociona o público, é no final, quando vai roubar a cena no casamento do filho, roubando o microfone dos pombinhos. Ela conta como está feliz pelo amor estar vencendo. Antes disso, Juliano frisa a importância que sua mãe teve ao simplesmente aceitá-lo assim e, por sua vez, reconhece que nem todas as famílias são assim.

“Minha Mãe É Uma Peça 3” é aquele filme que fará história, pode anotar aí, ainda usaremos a obra de Paulo Gustavo como referência do cinema nacional. Corre agora pra assistir o espetáculo do carioca!

Sobre o autor: /

Mineiro, 21, IG @mhsr03, Relações Internacionais