Pitchfork massacra "Spirit" de Beyoncé: "Canta uma letra que err… não significa nada"

Sempre polêmica e crítica, a renomada Pitchfork publicou o que eles acharam de “Spirit“, single de Beyoncé para o live-action de “O Rei Leão”.

O site não aprovou a canção, dizendo que a música “não foi o suficiente” e que ela tentou imitar, sem sucesso, o que Kendrick Lamar fez com o álbum para “Pantera Negra”. Para o “The Gift”, disco para o filme que trará artistas globais, a cantora também apostou em ritmos africanos e também músicos do continente, assim como o rapper para o longa da Marvel. A Pitchfork destaca que o single decepciona na primeira prévia da promessa da grandeza do trabalho.

http://5jc.0a9.myftpupload.com/spirit-de-beyonce-sera-traduzida-para-42-idiomas-inclusive-para-portugues-com-os-vocais-de-iza/

Depois da abertura em Swahili da faixa, a crítica afirma que a letra cantada no início por Bey “não significa nada”. Eles também disparam: “Quando ela atinge as notas altas parece apenas um artifício para esconder o vazio e a linearidade da produção”.

A Pitchfork explica que tem consciência que é uma música para a Disney, inclusive produzida pelo aclamado Labrinth, membro do trio LSD, ao lado de Diplo e Sia, e também próximo a Max Martin, mas que mesmo assim é decepcionante. Também é destacado que “Spirit” tem a clara intenção de fazer com que Beyoncé ganhe seu primeiro Oscar. “Deixe ela conseguir”, debocham eles.

http://5jc.0a9.myftpupload.com/confira-o-desempenho-de-spirit-de-beyonce-nas-primeiras-12-horas/