Piers Morgan critica Sam Smith e Brit Awards após possível mudança nas categorias da premiação

Sam Smith e a academia responsável pelo Brit Awards foram vítimas de desrespeitosas críticas por parte de Piers Morgan.

Tudo começou após as notas divulgadas de que a premiação estaria planejando fazer uma mudança em suas categorias, deixando de lado o gênero indicado, focando apenas no conteúdo. Para exemplificar, “Melhor videoclipe feminino” ou “Melhor videoclipe masculino” transformariam-se apenas em “Melhor videoclipe”.

http://5jc.0a9.myftpupload.com/aclamadissima-sam-smith-elogia-novo-album-de-lana-del-rey-e-deslumbrante/

Vale lembrar que as possíveis mudanças na categoria só seriam aprovadas e colocadas em práticas na edição da premiação de 2021, uma vez que os organizadores do show querem consultar conselhos e artistas para uma decisão correta e válida.

A grande inspiração para as mudanças seria o cantor britânico Sam Smith, que recentemente revelou ser totalmente fluído de gênero.

Quem não ficou nada contente com as informações foi Piers Morgan, que no Good Morning Britain, fez severas criticas aos organizadores do evento e ao próprio cantor.

O jornalista conta que Sam Smith “não pode decidir se são homens ou mulheres”, e que isso, de algum modo, criaria vantagens ao cantor.

“Vou contar o que vai acontecer. As mulheres sofrerão eventualmente. Eu suspeito que o que vai acontecer é que artistas do sexo masculino acabarão ganhando todos os prêmios. O objetivo de ter as categorias de gênero é torná-lo justo e igual; agora estamos indo para o outro lado e isso aparentemente é progresso. Eu acho que é um monte de besteiras. A ideia de que você altera categorias de prêmios inteiras porque uma pessoa decide acordar um dia e dizer que não é binária é um absurdo!”, declarou.

Propositalmente, o jornalista começou a usar os gêneros de forma trocada ao cantor de forma constante.

Até agora, Sam Smith e os organizadores do Brit Awards se manifestaram a respeito.

http://5jc.0a9.myftpupload.com/sam-smith-publica-carta-aberta-sobre-aceitacao-e-autoconhecimento-eu-sou-suficiente-confira/