#PFBRchoice – Em celebração ao seu aniversário, saiba quais são os 10 maiores hits de Anitta

Hoje (30) é aniversário da maior representante da música pop da atualidade.

No Brasil, é claro. Anitta, nascida Larissa Machado, tem uma carreira consideravelmente curta – e astronômica – na indústria. De carinha bonita responsável por Show das Poderosas, que foi lançada há quase três anos atrás, a carioca conseguiu, alguns outros hits e cirurgias estéticas depois, se consagrar como a mina de ouro da Warner Music Brasil.

Bang-anitta-2

Primeira brasileira a ganhar um EMA da MTV, prêmio concorridíssimo pelas grandes divas da gringa, e já tendo vendido mais de 500 mil discos em solo nacional, Anitta completa hoje 22 anos com conquistas que suas colegas não terão em uma vida e, para parabenizá-la, e celebrar a data junto dela, o Portal Famosos Brasil, baseado em desempenho nas paradas e YouTube, seus dez maiores hits. O tempo de atividade é pouco, mas Anitta já tem música pra dançar, cantar no chuveiro e até chorar de amor.

É só conferir:

10. ‘Não Para’ (2013)

Talvez o single mais genérico da hitmaker, Não Para serviu para promover o auto-intitulado Anitta (2013) e foi um hit de pista moderado Brasil afora. Perto de outros exemplares da intérprete, não é uma das melhores, mas a gente perdoa as mancadas de início de carreira, ainda mais levando em conta que a música teve o difícil trabalho de suceder a imponente Show das Poderosas.

 

9. ‘No Meu Talento’ (2015)

No Meu Talento, com MC Guimé, foi a faixa que fechou os trabalhos do disco Ritmo Perfeito e uma explosão de eletrofunk bem na nossa cara que ainda não superamos bem. Estamos aceitando aulas de pole dance, se Anitta estiver disposta a oferecer cursos.

 

8. ‘Meiga e Abusada’ (2013)

Meiga e Abusada não explodiu como Show das Poderosas alguns meses depois, mas ainda é uma das mais requisitadas nos shows ao vivo da brasileira. É, também, seu primeiro single oficial. Não podia faltar esse marco simbólico na lista, né?

 

7. ‘Essa Mina é Louca’ (2016)

Lançamento mais recente da lista, Essa Mina é Louca é uma música feel-good com influências de samba e reggae que traz a participação indispensável de Jhama. O clipe em si, que faz referência a outros trabalhos da cantora – algo até então inédito em sua videografia – é outra atração à parte.

 

6. ‘Blá Blá Blá’ (2014)

Essa abriu alas para o disco Ritmo Perfeito e chegou à vice-liderança das paradas de rádio do Brasil, mesmo nunca recebendo um clipe oficial e sendo promovida só como single de turnê. Mas isso não foi, em momento algum, empecilho para Anitta: Blá Blá Blá continua um de seus maiores sucessos de boate.

 

5. ‘Ritmo Perfeito’ (2014)

Com letras bastante sugestivas e gemidos provocativos, e vale ressaltar, uma de só duas baladinhas da lista, Ritmo Perfeito é a faixa-título do CD de 2014 e pérola escondida da discografia da cantora, que tem muita música dance e pop, sim, mas também dá um samba de ritmos latinos.

 

4. ‘Na Batida’ (2014)

Na Batida marcou a profissionalização da videografia da cantora e seu refinamento em estúdio: a produção não peca em nada se comparada ao pop reciclável que vem de fora, e quando toca na balada ainda não resistimos e logo mandamos a coreografia.

 

3. ‘Bang’ (2015)

Talvez o maior viral nacional do ano passado, Bang teve um impacto cultural absurdo na internet. Foram inúmeras paródias e recriações bem-humoradas do universo de quadris, bumbuns e tiros idealizado por Anitta e Giovanni Bianco, e nas paradas de sucesso a música não fez nada feio, liderando as rádios em São Paulo e no Rio e, no geral, chegando à 9ª posição do ranking de popularidade do país. Já é quase clássico consagrado.

 

2. ‘Zen’ (2013)

Um dos dois hits número #1 de Anitta – o outro, que vocês provavelmente já sabem qual é, encontra-se logo abaixo – Zen foi a primeira vez que a princesinha brazuca do pop desacelerou o tempo para falar de amor. Ela voltaria a fazer o mesmo em Cobertor, com Projota, e na já citada Ritmo Perfeito, mas esta foi um marco.

 

1. ‘Show das Poderosas’ (2013)

PRE-PA-RA! Estamos, então, de volta a onde tudo começou, quando Anitta ainda era supostamente uma cantora de um hit só e plagiava “na cara dura” as divas americanas. Inegavelmente, Show das Poderosas foi e ainda continua o maior sucesso da carioca: em 2013 era só o que as rádios e o Multishow tinham a oferecer e, assim como Bang, já ultrapassa as 100 milhões de visualizações no YouTube.

Será que as “invejosas” ainda estão tentando afrontar nessa altura do campeonato?

>>> Curta o PFBR no Facebook

>>> Agora no @oficialpfbr

Carregar mais tweets