Pela primeira vez, Elliot Page fala em carta aberta sobre seu processo de transição de gênero e assume novo nome

Ellen Page sempre se destacou por ser uma grande atriz em todos os filmes e séries que se propôs a fazer, inclusive em seu mais recente lançamento, a série “The Umbrella Academy” onde interpreta a poderosa Vanya Hargreeves.

Mas agora, Ellen deu espaço para que o público soubesse sobre sua processo de transição de gênero e revelou em uma carta aberta sobre a experiência e também sobre o seu novo nome como um homem trans. Confira abaixo o relato do ator:

“Olá meus amigos. Eu quero compartilhar com vocês que eu sou um homen trans. meus pronomes agora são ele/eles e me chamo Elliot. Me sinto com sorte por escreve isso. Por estar aqui. por ter chegado até esse lugar da minha vida.

Eu me sinto extremamente agradecido pelas pessoas incríveis que me apoiaram durante essa jornada. Eu não posso expressar o quão confortante é esse sentimento de finalmente amar quem eu sou. Eu fui constantemente inspirada por tantas pessoas trans nessa comunidade.

Obrigado pela sua coragem, sua generosidade e seu trabalho incessante para fazer esse mundo mais inclusivo e compassivo. Eu vou oferecer qualquer suporte vou continuar lutando por uma sociedade igualitária e com mais amor. Eu também vou pedir a paciência de vocês. Minha alegria real, mas também é frági. A verdade é que apesar de todo esse sentimento de felicidade profunda agora, eu sei todo privilégio que eu carrego e isso também me assusta, me assusta toda essa invasão de privacidade, me assusta todo esse ódio, todas essas “brincadeiras” e todas essas violências. Para deixar claro, eu não estou tentando transformar um momento feliz e de celebração pra mim em um momento triste, mas eu quero deixar claro esse cenário que vivemos.

As estatísticas são assustadoras. A discriminação contra pessoas trans são surreais e cruéis resultando em consequências horríveis. Apenas em 2020 foi reportado que mais de 40 pessoas trans foram assassinadas, em sua grande parte, pessoas negras e mulheres latinas.

Os líderes políticos que trabalham para criminalizar a saúde e o cuidado de pessoas trans e que negam o nosso direito de existir, saibam que todo esse sangue está na mão de vocês, vocês estão machucando pessoas. Eu sou uma dessas pessoas que não ficaram mais caladas perante aos seus ataques. Eu amo o fato de ser trans, eu amo o fato de ser queer e eu estou me amando e me abraçando por completo, finalmente eu sou o que eu sonhava. Para todas as pessoas trans que sofrem com abuso e violência todos os dias, eu estou com vocês, eu amo vocês e eu vou fazer tudo o que eu puder para mudar esse mundo para melhor.”

Imagem