Paródia de Kéfera para "Work" é bloqueada por Direitos Autorais e Youtuber afirma que foi engano

Kéfera Buchmann continuou fazendo paródias de hits após “BANG’ de Anitta ter quase 30 milhões de visualizações. Só não poderia contar que o vídeo – uma nova versão de “Work” da Rihanna – teria uma repercussão um tanto quanto negativa por diversos motivos. A letra foi considerada “machista”, que incentiva a “briga entre mulheres” e ainda – o mais problemático nas redes sociais – o suposto “blackface” feito por seu namorado para interpretar Drake na produção que recria o visual feito por Tim Erem no clipe original da barbadiana.

Gustavo, que interpretou o rapper canadense, já se manifestou em sua página no Facebook afirmando que as acusações de racismo através de sua caracterização foram exageradas, pois já nasceu ”com traços de índio” e aquela era sua cor original. Já Kéfera usou a sua Fã-page para falar sobre o bloqueio da paródia por Direitos Autorais, afirmando que tudo não passou de engano.

Segundo ela, o vídeo não foi monetizado, ou seja, Buchmann não ganharia nada pelas visualizações, já que a faixa não lhe pertence. Além disso, ela acusa a Warner Bros de bloquear um vídeo que não é de sua propriedade, pois Rihanna seria da Universal.

De qualquer forma, o vídeo da paródia continua indisponível em sua canal oficial no YouTube, que é conhecido como 5incominutos.

Teria Kéfera exagerado na sua reprodução ou estão pegando pesado demais com a Youtuber?

ATUALIZAÇÃO – Kéfera resolveu colocar a paródia em sua página no Facebook:

>>> Curta o PFBR no Facebook

>>> Agora no @oficialpfbr

Carregar mais tweets