Organização critica Beyoncé por baixo salário de dançarinos; coreógrafo revida acusações

Na noite de ontem (08/12), uma organização que visa direitos de dançarinos nos Estados Unidos, a Dancers Alliance, causou bastante tumulto nas redes sociais ao publicar uma nota criticando Beyoncé e sua equipe pelo baixo salário na contratação de dançarinos para um novo videoclipe que a cantora está preparando.

Em meados da publicação, os responsáveis pelo perfil alegam que o “pagamento mínimo” para um dançarino no país é de cerca de U$500 dólares mas, neste caso, estaria sendo oferecido apenas U$250,00, metade do valor.

View this post on Instagram

Change Has To Start Somewhere!! DA’s goal is not and has never been malicious. We work hard to educate and better the dance community across the board. It is unfortunate that a job paying below DA minimum rates is attached to a beloved industry artist, and while there was no choreographer hired on this job, the casting specs specifically asked for DANCERS to work in a principle role for $250 a day, and that is UNACCEPTABLE. Our intention is to inform the community with the facts. In no way are we blaming one person, if anything we used this example to show how our SYSTEM IS BROKEN. The change we’re all looking for has to start with the DANCERS. And hopefully with the help of choreographers and agents, we can change business as usual. @sagaftra confirmed ‪Beyoncé‬ was the artist shooting the music video in question. The casting call stated: Role Type: Principle Looking for models, actors, dancers Rate $250 + 20% agency No active choreographer listed on this particular casting call Any time a dancer is being hired for a principle role in a non-union music video, the rate is the Dancers Alliance minimum of $500 per shoot day. Our message is about accountability within our community, and that’s what’s needed more than ever! . #dancersalliance #dancecommunity #dance #music #artists #recordingartist #dancers #choreographers #agents #system #thesystemisbroken #letsfixit #change #valuedartists #value #worth #knowyourworth #changestartswithus 🔑🔑🔑

A post shared by Dancers Alliance (@dancersalliance) on

“A mudança tem que começar em algum lugar! O objetivo de D.A não é e nunca foi malicioso. Trabalhamos duro para educar e melhorar a comunidade da dança em geral. É lamentável que um trabalho que pague abaixo das taxas mínimas de D.A esteja vinculado a um amado artista da indústria e, embora não houvesse coreógrafo contratado para esse trabalho, as especificações de elenco pediram especificamente que DANÇARINOS trabalhassem em um papel principal por US $ 250 por dia, e que é inaceitável.

Nossa intenção é informar a comunidade com os fatos. De forma alguma estamos culpando uma pessoa, se alguma coisa usamos este exemplo para mostrar como nosso SISTEMA ESTÁ QUEBRADO. A mudança que estamos procurando tem que começar pelos DANÇARINOS. E, esperançosamente, com a ajuda de coreógrafos e agentes, podemos mudar de negócios como de costume.

@sagaftra confirmou Beyoncé foi a artista que gravou o videoclipe em questão.

A chamada de elenco declarou:
Tipo de Função: Princípio
À procura de modelos, atores, dançarinos

Taxa de agência de US $ 250 + 20%

Sempre que um dançarino está sendo contratado para um papel principal em um videoclipe não-sindical, a taxa é o mínimo da Dancers Alliance de US $ 500 por dia de gravação.

Nossa mensagem é sobre prestação de contas em nossa comunidade, e é isso que é necessário mais do que nunca!”, finalizam.

Por outro lado, nos stories do Instagram, um dos principais coreógrafos de Beyoncé, respondeu aos comentários feitos pela organização:

O norte-americano revida as acusações da organização, dizendo que, na verdade, o preço pago por Beyoncé é um dos mais altos do mercado, revelando até mesmo que nos dias de hoje há salários por até U$75 dólares ao dia. Além disso, ainda adiciona que há diversos outros adicionais que complementam a quantia inicial paga pela intérprete.

Sobre o autor: /

Mineiro, 21, IG @mhsr03, Relações Internacionais