ONLYFANS: Plataforma proibirá conteúdo adulto explicito a partir de Outubro; saiba mais

ONLYFANS: Plataforma proibirá conteúdo adulto explicito a partir de Outubro; saiba mais

O Onlyfans surgiu em 2016, porém ganhou destaque nos últimos anos com a grande quantidade de assinantes ao redor do mundo, incluindo celebridades. Nesta quinta-feira (19), o site divulgou em nota que a partir de outubro deste ano proibirá conteúdo sexual explicito.

Em nota oficial, a plataforma alegou querer garantir a longevidade própria.

“Para garantir a sustentabilidade da plataforma a longo prazo e continuar a hospedar uma comunidade inclusiva de criadores e fãs, devemos evoluir nossas diretrizes de conteúdo.”.

ONLYFANS: Plataforma proibirá conteúdo adulto explicito a partir de Outubro; saiba mais

Mas nem tudo está “perdido”, o site continuará permitindo os usuários a postarem fotos e vídeos com nudez, desde que estejam dentro dos parâmetros das novas políticas de uso do site.

Os parceiros financeiros da empresa foram os responsáveis pela nova conduta do site em retirar os conteúdos explícitos.

PANDEMIA E ONLYFANS

Em abril deste ano, o jornal britânico, Financial Times, divulgou que à plataforma de conteúdos adultos, Onlyfans, “explodiu” em meio à pandemia da Covid-19.

Os dados mostram que foram mais de 120 milhões de usuários. Um crescimento de 553% de janeiro a novembro do ano passado.

CELEBRIDADES COM PERFIS NO ONLYFANS

Vários artistas internacionais e nacionais possuem perfil no site. As internacionais Cardi B e Bella Throne, por exemplo. A Cardi B, por mais curioso que seja não divulga pornografia no perfil próprio.

A cantora usa a plataforma para divulgar seus lançamentos e arrecada fundos para caridade. Empreendedora e caridosa, né?

Aqui no Brasil os perfis mais famosos são da Anitta, Raissa Barbosa, Mc Mirella e Mulher Melão. A musa Anitta, criou perfil no Onlyfans neste ano e faz o maior sucesso na rede. Principalmente após o vídeo dela tatuando seu ânus que viralizou na web. A cantora cobra US$ 4,99 (cerca de R$ 25,00) por mês.

>>> Curta o PFBR no Facebook

Siga o PFBR no Twitter <<<