Oi? Operadora de cartão de crédito Mastercard lança primeiro single e anuncia álbum; entenda

Marcas famosas sempre utilizaram música na grande maioria de suas propagandas, mas a operadora de cartão de crédito Mastercard está querendo ultrapassar as barreiras que separavam os jingles comuns das músicas do meio mainstream.

A empresa acaba de anunciar seu primeiro álbum de músicas originais, todas contendo interpolações da logomarca, abrangendo múltiplos gêneros e culturas. O álbum, chamado “Priceless” (o famoso slogan “Não tem preço” aqui no Brasil), será lançado entre março e junho (na primavera norte-americana) e terá de 11 a 12 faixas.

O primeiro single, “Merry Go Round”, foi composto e produzido pelo produtor sueco Niclas Molinder (que já trabalhou com Lady Gaga, Miley Cyrus e Mary J. Blige) e possui os vocais da cantora Nadine Randle, uma artista emergente da Suécia. A faixa estreou hoje (7) como parte do evento CES 2020, maior feira de tecnologia do mundo, em Las Vegas (Estados Unidos) e será performada pela Nadine no festival iHeartRadio’s amanhã (8). O single estará disponível nas plataformas de streaming nessa sexta-feira (9), porém a música já pode ser ouvida no canal de YouTube da Mastercard.

Ficou curioso? Ouça a música abaixo:

Rafa Rajamannar, chefe de marketing da Mastercard, disse que a ideia para criar um álbum totalmente original foi inspirada na identidade sonora criada no ano passado, que incluiu colaborações com músicos como Mike Shinoda (Linkin Park). Mundialmente, a marca sonora foi adaptada em várias interpretações por músicos que utilizaram instrumentos nativos em dezenas de territórios diferentes.

“Nós começamos a pensar em como a Mastercard poderia criar músicas que as pessoas poderiam ouvir em seu dia-a-dia no Spotify, em seus carros ou qualquer lugar. Nós gostamos da ideia de trabalhar com compositores de alto nível, co-escritores e produtores, porém, usando isso como uma plataforma para novos artistas. Não apenas fazer música por fazer, mas usando nossas melodias não-intrusivas para que as pessoas se familiarizem ainda mais com as melodias da Mastercard. Sentimos, então, que não havia maneira melhor de fazer isso do que através de músicas populares.”

Rajamannar disse ainda que a Mastercard poderá se juntar a uma gravadora ou distribuidora para o lançamento do “Priceless” para trazer suas músicas para uma maior audiência, porém, que estão explorando diferentes opções e que existem prós e contras para cada uma que estão analisando.

Sobre o autor: /

Paulista e apaixonado por música. @leoaraujobr