O que acontece agora com Melody e “Assalto Perigoso”, após equipe de Ariana Grande descobrir sobre a faixa; entenda

A internet já acordou polvorosa nesta manhã de domingo (17), após Anitta e Melody trocarem farpas no Twitter. Segundo Melody, Anitta estava usando o nome da artista para desviar o foco da polêmica envolvendo o PT, quando a carioca pediu para o partido não usar sua imagem sem autorização.

Após provocar a intérprete de “Girl From Rio” nas redes sociais, os fãs de Anitta decidiram intervir e dar o troco em Melody. Fãs da patroa se uniram e começaram a enviar mensagens para membros da equipe de Ariana Grande, incluindo a Republic Records e a compositora Nija Charles.

O motivo? Os anitters decidiram denunciar para a equipe a existência da faixa “Assalto Perigoso”, canção de Melody lançada em 2021 e que já conta com mais de 45 milhões de reproduções apenas no Spotify. Segundo os internautas, Melody e sua equipe estavam lucrando com o uso indevido do sample de “positions”.

Se artistas brasileiros já são bem ativos na batalha contra uso ilegal de direitos autorais, imagina os americanos. Nija Charles viu a movimentação dos fãs de Anitta e decidiu responder a mensagem de um deles. Nija deu a entender que vai tomar as medidas cabíveis:

Mas a pergunta que não quer calar é… O que acontece agora com Melody e um de seus maiores sucessos? Pois bem, Nija sendo representada judicialmente pela Republic Records, a primeira medida que a gravadora deve tomar é notificar todas as plataformas de streaming sobre a suposta violação de direitos autorais e retirar a canção do ar temporariamente, além da equipe de Melody ter que justificar o uso.

Não justificado, a Republic Records pode exigir judicialmente ou em acordo, que parte dos lucros pela canção que uma vez que somadas, atingem quase 80 milhões de reproduções. Isso inclui tanto os lucros gerados quanto os futuros.

Vale lembrar que o mesmo aconteceu quando James Blunt descobriu que a ex-dupla sertaneja, Ávine Vinny e Matheus Fernandes samplearam a faixa “Same Mistakes”.

James Blunt passará a receber 20% dos direitos da faixa “Coração Cachorro”, de Ávine Vinny e Matheus Fernandes

O fato é que Melody e sua equipe agora tem um problema para resolver com Nija Charles e a gravadora de Ariana Grande.

>>> Curta o PFBR no Facebook

>>> Agora no @oficialpfbr

Carregar mais tweets