Numa carta de amor ao próprio amor, Taylor Swift lança seu novo álbum "Lover"; ouça

Depois de muita antecipação, finalmente está entre nós o “Lover”, aguardado sétimo álbum de estúdio de Taylor Swift, e o primeiro em sua nova gravadora, a Republic Records.

http://5jc.0a9.myftpupload.com/em-entrevista-taylor-swift-fala-sobre-sexismo-na-industria-da-musica/

O álbum chega depois do conturbado momento vivido pela cantora na era “Reputation“. Mas agora, toda a energia pesada foi deixada de lado e Taylor está pronta para iniciar mais um capítulo em sua trajetória, dessa vez recheada de amor e bons sentimento.

“Lover” é composto por 18 faixas, sendo que quatro delas já haviam sido liberadas anteriormente: o carro-chefe “ME!“, em parceria com Brendon Urie, da banda Panic! At The Disco; “You Need To Calm Down“, que pôs fim à sua inimizade com Katy Perry; o single promocional “The Archer” e a mais recente, a faixa-título “Lover“, que ganhou seu videoclipe na tarde de ontem (22).

Como não podia deixar de ser, Taylor assume a composição de todas as faixas presentes no trabalho. Sendo três delas compostas unicamente por ela: “Lover”, Day Light” e “Cornelia Street”. Parceiro de longa data da cantora, o produtor Jack Antonoff é o responsável por grande parte da produção do álbum.

Perceptivelmente, o novo trabalho possui uma aura muito diferente da era “Reputation” e, apesar dos problemas enfrentados por Swift atualmente – como a venda de sua antiga gravadora para o empresário Scooter Braun – ela não deixou que esses fatores influenciassem na mensagem que ela queria passar com seu álbum.

http://5jc.0a9.myftpupload.com/com-todo-o-clima-de-romance-taylor-swift-lanca-o-videoclipe-da-faixa-lover-assista/

Um dos temas recorrentes durante todo o disco, é seu atual relacionamento com o ator Joe Alwyn. A intérprete de “Shake It Off” não poupa elogios e mensagens a seu companheiro, tocando, inclusive, em temas como casamento. Mas ela não se esquiva da realidade vivida por seus fãs e seguidores. Além de defender a comunidade LGBTQ+ em “You Need To Calm Down“, ela assume uma posição de oposição ao governo e tece críticas ao presidente norte-americano, Donald Trump.

Mesmo antes de seu lançamento, o álbum já é um sucesso comercial, tendo uma pré-venda de mais de um milhão de unidades no mundo, e conquistando certificado de platina na China com apenas algumas horas de pré-venda.

Com o “Lover”, Taylor mostra toda a sua maturidade, e prova que deixou para trás o seu passado conturbado, estando pronta para seguir em frente em novos caminhos de positividade.

Ouça abaixo o sétimo álbum de estúdio de Taylor Swift:

http://5jc.0a9.myftpupload.com/taylor-swift-fala-sobre-a-cultura-do-cancelamento-e-como-sobreviveu-a-2016-atraves-da-musica/