Nos EUA, tribunal de justiça reabre processo contra Taylor Swift; entenda

Na tarde desta terça-feira (29/10), o nono tribunal de justiça dos Estados Unidos reabriu o processo que envolve Taylor Swift e a acusação de plágio na faixa “Shake It Off”, primeiro single do álbum “1989”.

Sean Hall e Nathan Butler processaram a intérprete de “Lover” com o embasamento que a lírica “Cause the players gonna play, play, play, play, play and the haters gonna hate, hate, hate, hate, hate” é na verdade inspirado em um trabalho musical lançado pelos músicos em 2001, intitulado

Em fevereiro do ano passado, o juiz Michael W. Fitzgerald, do Tribunal Distrital norte-americano não ficou impressionado com a queixa dos autores, alegando que o termo, na verdade, já estava desgastado e era muito popular no país.

“Em suma, as letras em questão – a única coisa que os queixosos alegam que os réus copiaram – não são suficientes. breve demais, sem originalidade e sem criatividade para garantir proteção nos termos da Lei de Direitos Autorais “, declarou o juiz, em 2018.

Resta-nos esperar os próximos capítulos dessa batalha judicial contra Taylor Swift. Conte-nos se você viu alguma semelhança das faixas nas redes sociais do Portal Famosos Brasil. Esperamos por você!