"Não fique atrás de mim ou vou ter que te dar um tiro": motorista de Uber ameaça comediante Yuri Marçal

Parece o que deveria ser um momento de descontração e também profissional para o comediante Yuri Marçal, terminou com um estado emocional completamente abalado por uma ameaça de morte.

O comediante que está em Porto Alegre para realizar seus espetáculos, acionou os serviços do aplicativo Uber para se dirigir ao local onde realizaria seu segundo show  na cidade.

Assim que o motorista chegou ao local de partida, o produtor de Marçal ficou sentado ao assento da frente, enquanto o comediante se posicionou no banco de trás, atrás do motorista que imediatamente ameaçou Yuri: “Não fique atrás de mim senão vou ter que de dar um tiro”.

https://www.instagram.com/p/ByBtXm2pBaB/

Surpreso com o comentário, Yuri retrucou perguntando se o motorista falava sério com a ameaça, confirmando em seguida, dizendo que era “por questões de segurança”, o ato foi considerado racista e de caráter ameaçador pelo comediante. Imediatamente o Marçal pediu para seu produtor cancelar a viagem e realizou uma denúncia no canal de atendimento do Uber.

Yuri ainda complementou que após o ocorrido, o mesmo motorista passou duas vezes na porta do hotel onde ele e seu assessor estão hospedados.

Procurados pela equipe do aplicativo, a Uber se solidarizou ao comediante e informou que já tomou as medidas cabíveis em relação ao motorista acusado de racismo. EM comunicado a Uber esclareceu:

“A Uber tem uma política de tolerância zero a qualquer forma de discriminação nas viagens com o app. Assim que soubemos do caso, entramos em contato com o usuário para oferecer apoio e bloqueamos a conta do motorista.”

 

>>> Curta o PFBR no Facebook

Siga o PFBR no Twitter <<<