Na véspera do aniversário do ocorrido, Ariana Grande comenta atentado de Manchester

Amanhã (22), o trágico atentado em Manchester completa três anos. Em 2017, um homem detonou explosivos no exterior da Manchester Arena, logo após a apresentação de Ariana Grande, em sua “Dangerous Woman Tour”. Pelo menos 22 pessoas morreram, a maioria delas jovens fãs da artista, e dezenas precisaram ser hospitalizadas.

Com a proximidade do atentanto, Ariana postou uma breve mensagem nos stories de seu Instagram:

“Quero dedicar um momento para reconhecer e enviar meu amor a todos aqueles que estão sentindo a tristeza e profundo peso do aniversário que acontece nesta semana. Não há um dia que isto não te afete e a todos nós. Meu coração, pensamentos e orações estão sempre com vocês” – escreveu.

O ocorrido gerou o cancelamento de boa parte do restante da turnê, e deixou a cantora muito abalada. O grupo terrorista Estado Islâmico assumiu a autoria do ataque.