Morte horrível: com fracasso do último álbum, Nicole Scherzinger é vetada de sua gravadora

Nicole Scherzinger não teve muita sorte depois que resolveu seguir carreira solo. Mesmo com alguns destaques no seu primeiro disco de estúdio, o “Killer Love”, pouca coisa mudou para melhor em relação ao seu último registro que foi lançado ainda em outubro do ano passado, o “Big Fat Lie”.

Com apenas 5 mil cópias vendidas em debut no Reino Unido, e o fracasso de todos os single do álbum, Nicole Scherzinger pode ter sido vetada da “Epic Records”, sua atual gravadora. No site oficial da empresa, não conta mais o seu nome e marca, na tradicional lista de artistas que fazem parte do grupo e são gerenciados pelos mesmos.

Rumores deste começo do ano apontaram que Scherzinger estava mesmo terminando contrato com seus antigos mentores e trilhando novos rumos para sua carreira solo, que ainda são incertos. Ela recentemente estava atuando em uma versão do famoso musical “Cats” e ainda cogitando uma possível volta das “Pussycat Dolls”, grupo no qual atingiu sucesso mundial, mas separou-se posteriormente para lançar algo para um trabalho próprio.

A “Epic Records” também é responsável pelas carreiras da Avril Lavigne, Fifth Harmony, Tamar Braxton, Ciara e dentre outros.

Recentemente, a cantora foi flagrada bastante abatida:

>>> Curta o PFBR no Facebook

>>> Agora no @oficialpfbr

Carregar mais tweets