Modelo refugiada do Sudão é o novo rosto da Chanel

A indústria da moda está cada vez mais procurando diversidade nas passarelas, que rompam com o padrão clássico da mulher branca, loira, muito magra e alta. E foi justamente o seu tom de pele que chamou a atenção de grandes marcas da moda, como a Chanel.

Adut Akech é a nova grande escolhida da marca para apresentar a pré-coleção outono-inverno 2018/19. Refugiada do Sudão, país africado, a modelo assume seu papel como novo rosto da Channel.

http://5jc.0a9.myftpupload.com/rihanna-atraves-da-fenty-beauty-vai-patrocinar-concurso-de-beleza-negra-lgbtq/

Mas o caminho de Akech foi duro (e muito longo). Nascida em um campo de refugiados em Kakuma (fronteira entre o Quênia e Uganda), onde abrigam-se cerca de 187 mil refugiados da guerra civil do Sudão, a modelo passou por vários campos da ONU até chegar a um localizado em Adelaide, na Austrália, onde viu sua vida mudar drasticamente quando um caçador de talentos a encontrou e colocou nas passarelas.

A modelo fez sua estreia em Saint Laurent no desfile primavera-verão de 2017. Desde aí, com seu talento e beleza, não parou mais. Akech já desfilou para marcas renomadas como Givenchy Valentino. Para essa temporada outono/inverno, marcas como Versace, Prada, Calvin Klein e Zara já recrutaram sua participação.

View this post on Instagram

I’m honestly lost for words! I cannot believe I’m sharing my fourth Vogue cover for September issues! I’m so excited and so Honoured to share my second ever @vogueitalia cover! As some of you are aware, the last few days have been nothing short of exhausting and I’m so grateful to everyone that had my back, whether it was a comment, a call, a message, your endless support is so important to me! This has honestly made my day 100000000% better then what it was when it started! I’m so grateful and thankful to everyone who was involved in this masterpiece! Photography by legendary @roversi Styling @ibkamara Editor in chief @efarneti Creative director @ferdinadoverderi Casting @pg_dmcasting @samuel_ellis Hair @jembomb Makeup @thom.walker Set Design #jeanHuguesChatillon Production @creamparistv Digital animation @lukasletsche Voice #MichaelCunningham BIG THANKS TO YOU ALL! 🙏🏾❤️

A post shared by Adut Akech Bior (@adutakech) on

Em entrevista à Vogue Itália, Akech declarou:

“Minha pele é muito escura, inclusive para os parâmetros de outras pessoas negras. Agora que estou vivendo em Nova York, as pessoas me param na rua, sobretudo os afro-americanos, e me dizem que gostariam que sua pele fosse como a minha. É como o chocolate mais puro. Mas nada é fácil, ainda é difícil ver uma mulher negra vendendo perfume.”

Aos poucos, a quebra de padrões e diversidade nas passarelas vem fazendo seu caminho com as minorias, e isso é merecidíssimo!