Misha B do “The X Factor”, revela ter sofrido racismo durante o programa e que cogitou suicídio; confira

Em 2011, o mundo parou para olhar Misha B, a cantora brilhou na versão inglesa e uma das mais populares do The X-Factor, a mesma temporada que coroou o grupo Little Mix. Os anos se passaram, e a popularidade de Misha decaiu radicalmente.

Ontem (14), a cantora foi as redes sociais desabafar sobre como foi traumática sua experiência ao passar pelo programa, revelando ter sofrido severos ataques durante os bastidores, e que a pressão foi tão grande que chegou a cogitar suicídio.

Em um momento onde se debate muito sobre racismo, a cantora contou que o juiz Gary Barlow, foi o primeiro a falar sobre o ocorrido. Segundo o cantor e ex-jurado do programa, os produtores estavam incansavelmente tentando sabotá-la.

Em uma entrevista, ele comentou que antes de começar o show, os produtores abordavam os jurados e diziam: ‘”Oh meu Deus. Aquela Misha. Ela é uma valentona. Não posso acreditar. Ela é uma valentona. Você deveria dizer isso. Você deveria dizer isso no ar“.

A perseguição induzida pelos produtores, fizeram com que Misha fosse perseguida pelos jurados até sua eliminação, que ocorreu na semi-final do programa. Louis Walsh, a criticava por ter excesso de confiança e Tulissa a pintou como “a garota má”.

Além de acusar os jurados de crucificá-la ao-vivo, Misha B acusou uma colega de competição por ter armado um plano para manchar sua imagem. Durante uma live em seu Instagram, ela afirmou que Kitty Brucknell a acusou de Bullying com intenção de elimina-lá, e que depois disso, os outros participantes ficaram ansiosos por sua eliminação.

Após, os fãs de Misha invadiram o Instagram de Kitty e exigiram um posicionamento sobre as acusações. Logo, Kitty disse que não iria falar sobre o assunto, pois tem pavor de Simon Cowell. Sendo assim, os fãs estão acreditando que Simon tenha contribuído para tirar Misha do programa, já que ela tinha potencial para ganhar. Motivos? Anti-negritude, afirma Misha.

The X Factor's Misha B left suicidal after bullying allegations ...
Pupila de Kelly Rowland, como ela ainda é lembrada, trouxe versões impecáveis de Adele, Tina Turner, Lady Gaga, P!nk e Nicki Minaj.

No Instagram, Misha compartilhou o vídeo de um dos momentos mais traumáticos ao lado de uma carta chocante. confira:

Eu só vou deixar isso aqui

Recebi muitas ligações e mensagens nos últimos meses sobre esse incidente. Eu estava pensando em resolvê-lo, simplesmente porque sei que esse problema turbulento, e eu queria me concentrar apenas nos assuntos atuais. Ver os maus-tratos contínuos de meus irmãos em todo o mundo despertou a raiva que venho tentando trabalhado incansavelmente, a luta de cor, pois sei que não estou sozinha nisso.

Em 2011, eu pensava que aquela era a minha melhor oportunidade, mas acabou sendo a experiência mais dolorosa de toda a minha vida. O que você vê neste vídeo é 1% do que eu suportei. Eles viram uma oportunidade de derrubar uma garota negra que veio de um lar desestruturado, e trabalharam juntas para assassinar meu personagem e sabotar minha carreira orquestrando mentiras.

No entanto, hoje e todos os dias sou uma poderosa mulher negra. Eu soube desde criança que minha natureza ofenderia aqueles que não se sentem confortáveis ​​em sua própria pele… O que resulta nesse tipo de comportamento. Quero deixar claro que compartilho minha verdade, apenas para educar e elevar.

Com amor, Misha.

Confira o post:

https://www.instagram.com/p/CBa_Lfyjx1Z/