Marcos Clement lança In Natura

Marcos Clement lança In Natura

O cantor e compositor Marcos Clement lança o seu álbum de estreia com canções inéditas e autorais: In Natura. O disco é todo ilustrado pelos artistas visuais do Coletivo Cavalo do Cão, e traz composições que contribuem para reflexões sobre o cenário político, social, e sobre o respeito ao amor, seja ele qual for.  O álbum passeia pelo universo litorâneo urbano do rock soteropolitano ao mundo agreste da cantoria regional do sertão da Bahia, em uma fusão inebriante que não se prende a rótulos. 

Marcos Clement lança In Natura

“É um álbum que não busca ser linear e se torna muito especial principalmente pela relação de amizade e parceria em todo processo de gravação das músicas. Tanto os músicos quanto as pessoas dos bastidores – Vanessa, minha maior incentivadora, a turma da Cavalo do Cão- se doaram com todo carinho e dedicação”, afirma Clement. 

Inspirado no trabalho feito por grandes capistas de discos da MPB, como Elifas Andreato, o artista convidou para ilustrar seu primeiro disco autoral o Coletivo Cavalo do Cão, formado pelos artistas visuais Pedro Chequer (BA), Bertone Balduino (PB) e Diego Pizzini (SC), que tem um trabalho com forte inspiração nordestina e referências em Basquiat, Pablo Picasso e Van Gogh. Na ilustração do disco In Natura, o coletivo buscou criar um cenário fantasioso composto por elementos da natureza e objetos que remetem a Marcos, surgindo a partir do seu chapéu, como uma extensão do pensamento, utilizando traços e estilos variados, pintados numa tela com tinta acrílica, deixando a ilustração bem orgânica.

“Produzi esse disco em parceria com Pitt Aragão, e foram muitas horas de estúdio escutando e estudando muita coisa, para chegar no resultado final. Cada faixa tem um espírito independente dentro do disco. Cada música tem uma onda rítmica diferente da outra, onde cada uma tem uma produção, formação, arranjo. Deixamos cada música seguir sua onda”, finaliza Marcos. 

O disco In Natura tem patrocínio da Papel & Cia e do Governo do Estado, através do Fazcultura, Secretaria de Cultura e Secretaria da Fazenda. Gravado no Artesanal Studio entre 2019 e 2020, com produção musical de Pitt Aragão e Marcos Clement, o disco contou com a participação especial de Wilson Aragão, Cesário Leony e Alex Mesquita. 

>>> Curta o PFBR no Facebook

Siga o PFBR no Twitter <<<