Madonna está proibida de cantar "Holy Water" durante passagem da "Rebel Heart Tour" pela Singapura

Não é surpresa para ninguém que as turnês de Madonna apresentam uma boa dose de sensualidade e religião, porém, para a Autoridade de Desenvolvimento de Mídia (MDA), sua última, a “Rebel Heart Tour”, é “sexual” demais para ser interpretada pela Rainha do Pop em Singapura.

Após ser restrito apenas para pessoas maiores de 18 anos, o show que acontece no dia 28 de fevereiro no Estádio Nacional também não poderá ter sua sua setlist a performance da canção “Holy Water”, que é abertamente uma música sobre sexo oral.

Ao cantar o som, Madonna também dança com freiras em vários pole dances em formato de cruz e diz que “Jesus gosta da sua vagina”.

“A turnê de Madonna foi classificada como para maiores de 18 anos porque isso orientará os consumidores, que estarão cientes do que verão”, disse um porta-voz da MDA. “Além da solicitação, a MDA também revisou a setlist com um painel consultivo de artes. A música Holy Water não poderá ser executada pela religiosidade imposta, que viola nossas diretrizes”, termina.

“Holy Water” está no último disco de Madonna, o “Rebel Heart”, de março do ano passado.

A apresentação conta com um medley entre “Vogue”, sucesso da veterana lançada nos anos 90.

>>> Curta o PFBR no Facebook

>>> Agora no @oficialpfbr

Carregar mais tweets