Ludmilla se torna a primeira artista preta da América Latina a atingir 1.7 bilhão de reproduções no Spotify; veja números

É inegável que Ludmilla é um das artistas mais influentes do Brasil. Somente neste ano, a cantora foi responsável por grande contabilização em streams do gênero feminino na música e agora, a cantora estende um recorde que é só seu.

Ludmilla já havia sido congratulada como a primeira artista negra da América Latina a atingir 1 bilhão de reproduções no Spotify e agora a carioca está prestes a atingir a marca dos dois milhões de streamings. Para se ter uma ideia, o “Numanice (Ao Vivo)”, projeto da carioca direcionado ao cenário do pagode, Ludmilla já coleciona mais de 66 milhões de reproduções no Spotify. No Youtube, a produção já ultrapassa as 215 milhões de reproduções.

>>> HINO DO CARNAVAL! Durante show, Ludmilla anuncia lançamento em colaboração com Mariah Angeliq, Topo La Maskara e Mr. vegas

Outro projeto de Ludmilla que vem se destacando bastante é o “Lud Sessions”, que conta com dois volumes, sendo um com o rapper Xamã e outro com Gloria Groove, que somados contam com quase 13 milhões de reproduções no Spotify e outras 53 milhões de visualizações no YouTube.

>>> Curta o PFBR no Facebook

>>> Agora no @oficialpfbr

Carregar mais tweets