"Lover" de Taylor Swift representou 27% das vendas de todo território americano na última semana

O “Lover” de Taylor Swift chegou destruindo tudo, principalmente os Estados Unidos

Além de ter o maior debute desde o “reputation” da própria Taylor, lançado há quase dois anos, o disco também representou 27% das vendas de todos os discos comercializados na última semana nos EUA. Dos 2,287 milhões discos vendidos nos páis do dia 23 até o dia 29 de agosto, 679 mil foram cópias do “Lover”, sejam elas físicas ou digitais.

Taylor Swift canta faixa inédita do "Lover", canção do "Red", faz cover e mais no Live Lounge

Isso não é uma novidade na carreira da intérprete de “Mine”. O “reputation” conseguiu para si 29% de todas as vendas nos Estados Unidos em seu lançamento em 2017 (1,216 milhões de 4,149 milhões. Já Adele foi além,com 41% do mercado com o “25” (3,38 milhões de 8,2 milhões).

E além disso, graças às grande vendas do “Lover”, o álbum ajudou a indústria a ter sua segunda melhor semana de vendas de todo o ano. Apenas entre os dias 12 e 18 de abril foi maior, com 34 álbuns vendendo mais de 5 mil cópias, comparado à só 15 na última semana. Nesta semana que o “Map of the Soul: Persona” do BTS debutou, com 196 mil cópias puras. vendidas.

Aclamação! “Lover” da Taylor Swift é o álbum com maior estreia em vendas de 2019