Leigh-Anne do Little Mix, condena Camila Cabello por episódio racista; entenda

Leigh-Anne, do grupo Little Mix, está chateada com a maneira como a mídia lidou com o escândalo de racismo de Camila Cabello.

A cantora ganhou as manchetes na semana passada, quando publicou um vídeo comentando as injustas dificuldades que enfrentou como mulher negra na indústria do entretenimento.

Agora, depois de várias figuras públicas aplaudirem sua coragem e honestidade, os fãs acreditam que pouco foi feito após o escândalo de racismo de Camila Cabello, e acusam a mídia de maquiá-lo ao invés de resolvê-lo.

Embora não tenha mencionado o nome de Camila, os fãs foram capazes de supor que ela estava falando sobre a ex-estrela do Fifth Harmony. Isso, porque a integrante do Little Mix, disse em uma live a seguinte mensagem: “Recentemente quando algo veio à tona sobre certa pessoa e as coisas que ela falou, não houve nenhuma consequência e ela ainda conseguiu performar no grammy”.

Confira o vídeo legendado:

Recapitulando, em dezembro de 2019, Camila Cabello foi criticada após publicações racistas feitas por ela em 2013 ressurgirem na Internet. Nas postagens, Camila usava palavras preconceituosas para se referir a pessoas negras e fez piada com a agressão de Chris Brown a Rihanna, em 2009. Recentemente, Camila se desculpou pelos comentários.