Lady Gaga fala sobre "Do What U Want" e clipe nunca lançado para o single do "ARTPOP": "Um capítulo escuro da minha vida"

O ano era 2013 e Lady Gaga havia escolhido “Do What U Want”, sua colaboração com R. Kelly, como segundo single do álbum “ARTPOP”.

A canção estava indo bem nos charts e o clipe já estava gravado, porém, uma verdadeira bomba caiu quando Kelly foi acusado de pedofilia e abuso sexual de mulheres, fazendo com que a produção fosse engavetada.

Agora, a grave polêmica envolvendo o cantor atingiu seu ápice e, com uma forte cobrança de posicionamento de Gaga, ela finalmente falou sobre o assunto.

http://5jc.0a9.myftpupload.com/lady-gaga-quebra-o-silencio-sobre-escandalo-sexual-de-r-kelly-e-revela-que-ira-retirar-do-what-u-want-de-todas-as-plataformas-digitais/

Na carta aberta, a intérprete de “Shallow” explicou que não havia entendido a gravidade do problema na época do lançamento da canção e que, se pudesse voltar atrás, voltaria.

“Como uma vítima de abuso sexual eu mesma, eu fiz tanto a música quanto o clipe em um capítulo escuro da minha vida, minha intenção era criar algo extremamente desafiador e provocativo porque eu estava brava e ainda não tinha processado o trauma que ocorreu na minha própria vida”.

Ela ainda continuou.

“Se eu pudesse voltar atrás e ter uma conversa com minha eu mais jovem eu falaria para ela ir para terapia desde então, então eu poderia entender o estado de confusão pós-traumática que eu estava – ou se a terapia não estava disponível para mim ou qualquer um nessa situação – procurar ajuda, e falar tão abertamente e honestamente o possível sobre o que nós temos passado. Eu não posso voltar atrás, mas eu posso seguir em frente e continuar apoiando mulheres, homens e pessoas de todas as identidades sexuais, de todas as raças, que são vítimas de abuso sexual”.

“Do What U Want” será retirada de todas as plataformas musicais nos próximos dias, segundo a própria Lady Gaga.

>>> Curta o PFBR no Facebook

Siga o PFBR no Twitter <<<