Kylie Minogue não deixou de forma alguma cortarem os beijos gays do clipe de "All The Lovers", revela diretor

Tanto a música quanto o clipe de “All The Lovers” da Kylie Minogue, o primeiro single do seu álbum “Aphrodite” (2010) são bastante lembrados quando se trata de deixar as diferenças de lado e promover a igualdade, principalmente quando falamos de sexualidade.

O videoclipe conta com Kylie se introduzindo como a deusa do amor, e em uma rua no centro da cidade de Los Angeles várias pessoas começam a se beijar: gays, héteros, lésbicas até se formar uma grande torre de troca de afetos.

Falando sobre o videoclipe lançado em 2010, Joseph Kahn, que dirigiu a produção, contou uma curiosidade que deixou os fãs ainda mais orgulhosos da diva australiana.

Questionada sobre o impacto “negativo”  da produção para o público mais conservador, Kylie foi irredutível: não quis lançar “All The Lovers” sem as cenas com beijos gays, nem muito menos uma versão que tirasse quaisquer formas de demonstração de amor da produção.

“Um país, nos pediu para deletar as cenas de beijo gay em All The Lovers. Mas, Kylie disse não! Sem fazer nenhum tipo de comunicado à imprensa. Ela é incrível. A mensagem que Kylie quis passar com este vídeo é importante e tenho sorte de ter trabalhado com ela.”

A música foi um sucesso nas paradas, e até hoje é lembrada como um dos grandes acertos da carreira de Kylie nesta nova década.

Além de alcançar a posição #3 na parada britânica, foi #1 na Dance Club Songs da Billboard, ganhando certificados no UK, Austrália, Itália, Suíça e Espanha.

Relembre:

>>> Curta o PFBR no Facebook

Siga o PFBR no Twitter <<<