Kesha revela que foi prometida a liberdade caso se desculpasse publicamente para Dr. Luke

É de conhecimento público que Kesha está enfrentando uma barra pesada na justiça.

Segundo ela, Dr. Luke, que já produziu hits número #1 para inúmeros artistas, inclusive para ela, sempre foi abusivo em seus dez anos de relacionamento e costumava interferir diretamente em sua vida profissional e privada, o que acarretou-lhe uma série de problemas psicológicos.

PFBR Investiga – Entenda toda a história de abusos e omissão entre Dr. Luke e Kesha

Kesha foi negada sua liberdade criativa pelo juiz, e isso gerou uma revolta imensurável na internet, que contou ainda com o apoio de celebridades do porte de Lady Gaga, Lorde e Taylor Swift. Algumas horas atrás, para a surpresa dos próprios fãs, a cantora voltou a falar sobre o assunto, e fez uma revelação chocante.

Confira:

“Então. Eles me ofereceram liberdade CASO eu mentisse. Eu teria de me desculpar publicamente e dizer que nunca fui estuprada”, postou Kesha em seu Instagram, “É ISTO QUE ACONTECE por debaixo dos panos. Eu não vou esconder a VERDADE. Eu prefiro deixar a verdade arruinar minha carreira a mentir para um monstro de novo.”

Até segunda instância, Kesha está proibida de lançar músicas de própria autoria devido às demandas restritas de um contrato assinado sem consultoria com a Kemosabe Records, gravadora de Luke subsidiária da Sony, quando ela tinha apenas 17 anos.

O último disco da loira, Warrior, foi lançado no longínquo ano de 2012.

>>> Curta o PFBR no Facebook

>>> Agora no @oficialpfbr

Carregar mais tweets