Katy Perry revela que pensou em suicídio durante colapso na carreira junto ao fim de relacionamento

Mais franca do que nunca, Katy Perry contou durante uma entrevista ao CBC de SiriusXM, que chegou ao fundo do poço em 2017, quando sua vida pessoal se chocou com a profissional. Segundo ela, os conflitos daquele momento a fez cogitar suicídio.

Relembrando, 2017 trouxe com ele um fraco desempenho comercial do álbum ‘Witness’, e agora, Perry revelou que o rompimento com seu atual amado, Orlando Bloom, também teve influências em seus cruéis pensamentos.

“Minha carreira estava nessa trajetória quando subia, subia e subia e então tive a mudança, não tão grande do ponto de vista externo. Mas para mim era sísmica. Eu tinha desistido de tanto, e isso literalmente me partiu ao meio. Eu tinha terminado com meu namorado, que agora é o futuro pai do meu filho […] E então eu estava empolgado em voar alto no próximo disco. Mas a validação não me deixou chapado, então eu apenas caí. ”

A estrela grávida acrescentou:

“Era tão importante para eu estar quebrada, para que eu pudesse encontrar minha totalidade de uma maneira totalmente diferente. E seja mais dimensional do que apenas viver minha vida como uma estrela pop sedenta pelo topo o tempo todo. A gratidão é provavelmente a coisa que salvou minha vida, porque se eu não pensasse que teria mergulhado na minha própria tristeza e provavelmente só pularia dela. Mas encontrei maneiras de agradecer. Se ficar muito, muito difícil, eu ando por aí e digo: ‘Sou grato, sou grato!’; mesmo que eu esteja de mau-humor.”