Kanye West diz que pessoas comprando suas músicas fazem mais bem ao mundo que caridade na África

Aproveitando o lançamento de The Life of Pablo, Kanye West tem dado uma série de declarações polêmicas em seu Twitter.

Depois de mandar mensagem misógina numa música – Famous – e declarar que está devendo 53 milhões de dólares, pedindo ajuda ainda a Mark Zuckerberg, fundador do Facebook, o controverso rapper agora publicou em seu microblog que apoiar artistas comprando suas músicas fazem mais bem à humanidade que construir escolas na África.

Que, ainda segundo ele, é um país, não continente:

“Todos vocês em São Francisco ouvem rap em suas casas mas nunca ajudam os verdadeiros artistas…”

“Você preferem abrir uma escola na África como se estivessem realmente o ‘país’…”

“Se querem ajudar, me ajudem…”

Kanye concluiu afirmando que, se as pessoas comprarem suas músicas, ele cumprirá sua promessa de sempre fazer músicas “maneiras”.

>>> Curta o PFBR no Facebook

Siga o PFBR no Twitter <<<