Juliette Freire tem registro de atriz negado: “Não há embasamento profissional”

Juliette Freire tem registro de atriz negado: “Não há embasamento profissional”

Consagrada como a vencedora do “Big Brother Brasil 21” a cantora Juliette embarcou nos segmentos da música com a estreia de seu primeiro EP “Juliette” no Spotify bem como no comando da atração musical “TVZ” no Multishow, mas os planos de ingressar como profissional em atuação podem ter que esperar mais um pouco.

A coluna do jornalista Fábio Oliveira do jornal “O Dia” revelou que a artista teve seu DRT (licença necessária para classificar-se como atriz) negado pelo Sindicato dos Artistas na última semana, com a justificativa de que não há embasamento profissional para conceder tal título a ex-bbb.

O presidente do órgão veio a público confirmar que realmente houve recuo por parte da entidade em conceder o certificado para Juliette, e justificou a decisão tomada:

“A gente não pode liberar o registro para Juliette porque não há trabalhos suficientes que comprovem que ela seja atriz, portanto não há embasamento profissional para que ela detenha um DRT. O documento enviado pela equipe de Juliette, com objetivo de comprovar seus trabalhos como atriz, tinha apenas imagens da cantora fazendo comerciais para algumas lojas, após sua saída do ‘BBB’”

A campeão do reality era uma das apostas da Rede Globo para estretar o remake da novela “Pantanal”, que deverá entrar na grade da emissora já em 2022.

>>> Curta o PFBR no Facebook

Siga o PFBR no Twitter <<<