Juiz argentino emite aviso a Interpol para prisão de Justin Bieber

Mesmo com sua ‘regeneração’ como artista, Justin Bieber realmente não escapa dos fantasmas do passado.

Segundo o site ‘The Star’, um juiz argentino teria comunicado e entrado em contato com a Interpol – a polícia internacional – para solicitar a ordem de prisão de Justin Bieber. O motivo? A suposta agressão a um fotógrafo em 2013.

Bieber ignorou a ordem judicial em novembro para prestar esclarecimentos perante o juiz do caso, que relembra a sua passagem por território argentino com a turnê ‘Believe’ ainda naquele ano quando aconteceu o problema.

“Estamos pedindo a Interpol para fazer a detenção de Justin Bieber, em qualquer lugar do mundo. Desde que ele não pôde ser encontrado para depor, solicitamos que ele seja detido”, disse o secretário do juiz Alberto Banos à AFP.

Posteriormente, ele disse que tinha feito novamente a solicitação no dia 8 de abril e como Justin não compareceu ao tribunal, de novo, as coisas começaram a esquentar, logo depois do prazo de 60 dias para os esclarecimentos se vencerem. A Interpol não faz prisões, mas emite ‘alerta vermelho’ para todos os países dos EUA para capturar um determinado indivíduo procurado.

Justin Bieber já teve problemas com a polícia norte-americana e inclusive até foi preso depois de ser flagrado fazendo corrida ilegal com seus carros em vias movimentadas em Miami. O episódio rendeu até mesmo um mugshot que repercutiu de forma grande nas redes sociais.

>>> Curta o PFBR no Facebook

>>> Agora no @oficialpfbr

Carregar mais tweets